junho 15, 2024

O que é um discurso civilizatório?

Um dos argumentos mais usados para defender a colonização e a sua legitimização foi o discurso civilizatório camuflado por questões de ciência, religião e cultura. Com efeito, o discurso que prega a inferioridade dos povos que foram colonizados permeia todo o processo da empreitada europeia pelo mundo.
Em cache

O que foi o discurso civilizatório e etnocêntrico?

Conceitos como os discursos civilizatórios do imperialismo como a “missão civilizadora” e o “fardo do homem branco” são considerados etnocêntricos por terem servido como justificativa para explorar os recursos das colônias e proporcionar repressões e genocídios nas colônias.

Quem faziam os discursos Civilizatorios?

2022. Ao longo do processo de colonização das Américas, o colonizador europeu construiu discursos civilizatórios que justificaram seu domínio sobre os povos nativos colonizados.
Em cache

Qual seria a consequência de um discurso civilizatório?

Aqui estão algumas das possíveis consequências: Desumanização dos povos colonizados: O discurso civilizatório muitas vezes desumaniza os povos colonizados, retratando-os como primitivos, bárbaros ou selvagens. Essa desumanização pode justificar a violência e a opressão contra esses povos.

O que foi a missão civilizatório?

Resumo. O processo colonial português teve como princípios orientadores a retórica civilizacional, fundamentada pela missão civilizadora de conduzir os nativos africanos a níveis superiores de civilização, tirando-os de seu estado de barbárie e selvageria que impedia sua evolução.

Como percebemos no texto o discurso civilizado?

b) Como percebemos, no texto, o discurso civilizatório? Os “possuidores fracos” detêm recursos e riquezas e não sabem seus benefícios, portanto, os europeus estariam “agindo para o bem de todos”, em nome do “direito de viver da humanidade”. Aqueles que estão à margem desses direitos deveriam ser dominados.

O que é discurso etnocêntrico?

O etnocentrismo é a visão preconceituosa e unilateralmente formada sobre outros povos, culturas, religiões e etnias. Esse conceito refere-se, portanto, ao hábito de julgar inferior uma cultura diferente da sua própria cultura, considerando absurdo tudo que dela deriva e considerando a sua como a única correta.

Qual é a origem do discurso?

Ela vem do Latim DISCURSUS, particípio passado de DISCURRERE, “correr ao redor”, metaforicamente “lidar com um assunto por vários pontos de vista”, formado por DIS-, “fora”, mais CURRERE, “correr”. O sentido de “manifestação oral formal” é do século XVI.

Quando surgiu a missão civilizadora?

Apontando como objecto central de estudo, a análise histórica da proclamada “missão civilizadora” do colonialismo português entre 1870 e 1930 (segundo o autor, “período marcante da história colonial nacional e internacional” p.

O que foi O Fardo do Homem Branco e a missão civilizatória?

Por se considerarem superiores aos demais povos, os europeus diziam que tinham o dever de civilizá-los; isto é, de levar a eles o progresso e os “bons” costumes. Em outras palavras, diziam ter a missão civilizadora para com os “povos de cor”. Essa missão, segundo eles, era “o fardo do homem branco”.

O que é a missão civilizadora?

3A ideia de “missão civilizadora” se instala nos discursos e na retórica colonialista europeia da segunda metade do séc. XIX. Ela abreviava uma multiplicidade de sentidos discursivos pela via da qual toda a operação colonial poderia ser entendida, traduzida, representada e alegorizada.

Como fazer a análise do discurso de um texto?

Na análise do discurso subjacente a um texto, podemos observar as projeções da enunciação no enunciado; os recursos de persuasão utilizados para criar a “verdade” do texto (relação enunciador/enunciatário) e os temas e figuras utilizados.

O que é uma visão etnocêntrica dê exemplos?

São exemplos de etnocentrismo a intolerância religiosa e a xenofobia. No caso da intolerância religiosa, ou etnocentrismo religioso, o intolerante acredita que sua religião é a certa e todas as outras devem seguir os mesmo preceitos.

Por que o termo civilização pode ser considerado etnocêntrico?

Visão de mundo baseada em uma única perspectiva

O etnocentrismo sempre tem como base a etnia própria, ou seja, a cultura do observador é sempre o ponto de partida referencial. Através de seus costumes e hábitos ele infere sobre os modos de viver de outras civilizações.

Qual é o conceito de discurso?

Discurso é toda situação que envolve a comunicação dentro de um determinado contexto e diz respeito a quem fala, para quem se fala e sobre o que se fala. Quanto à fala, na narração pode vir de três formas: discurso direto, discurso indireto e discurso indireto livre.

Quais são os tipos de discurso?

O discurso direto pode ser entendido como a reprodução exata da fala de alguém. Já o discurso indireto ocorre quando o autor expressa com suas palavras a fala de outrem. Por fim, o discurso indireto livre é uma mescla entre o direto e o indireto.

Qual o objetivo da missão civilizadora?

Resumo. O processo colonial português teve como princípios orientadores a retórica civilizacional, fundamentada pela missão civilizadora de conduzir os nativos africanos a níveis superiores de civilização, tirando-os de seu estado de barbárie e selvageria que impedia sua evolução.

O que é uma missão civilizatória?

A missão civilizadora do colonialismo português foi uma prática de dominação empregada pelos portugueses em suas colônias sob o discurso de ser uma salvação para os povos selvagens.