junho 20, 2024

Quem eram os estoicos E o que eles defendiam?

O estoicismo propunha que os homens vivessem em harmonia com a natureza – o que, para eles, significava viver em harmonia consigo próprios, com a humanidade e com o universo. Para os estóicos, o universo era governado pela razão, ou logos, um princípio divino que permeava tudo.
Em cache

Quem são os estoicos?

A partir desses princípios é possível entender que uma pessoa estoica é aquela que não se deixa levar por crenças, paixões e sentimentos capazes de tirar a racionalidade de uma pessoa na hora de agir, como desejos, dor, medo e prazer. Isso por essas circunstâncias serem infundadas e irracionais.
Em cacheSemelhantes

Quem foi o primeiro filósofo estoico?

A primeira (estoicismo antigo) desenvolveu-se no século III a.C., com Zenão de Cítio, Cleanto de Assos, Crísipo de Solos e Antípatro de Tarso, se preocupando com a lógica, a física, a metafísica e a moral. Na segunda (estoicismo médio), o pensamento estoico combinou-se com o espírito romano.

Quem é considerado o pai do estoicismo?

O estoicismo foi uma das correntes filosóficas do helenismo mais influentes na Antiguidade. Essa escola de pensamento originou-se na cidade grega de Atenas próximo ao ano 300 a.C., embora seu fundador, Zenão, tenha sido um estrangeiro natural de Cítio (atual Lárnaca, na ilha de Chipre).
Em cache

Por que os estoicos desprezavam o prazer?

Estoicismo. Na mesma época dos hedonistas, Zenão de Cício fundava o pensamento estóico, desprezando os prazeres em geral, por considerar que deles decorrem muitos males. Segundo ele, deve-se buscar eliminar as paixões, que só produzem sofrimento. O homem sábio vive de acordo com a natureza e a razão.

O que a Bíblia diz sobre o estoicismo?

Fora as partes já mencionadas em At 17, pouco a Bíblia fala diretamente acerca do estoicismo. Contudo, era uma filosofia pervasiva no mundo do Novo Testamento. Os fariseus praticamente assimilaram, traduziram e adaptaram o estoicismo para sua doutrina. Sua concepção de Torá passa a ser congruente com Logos e Physis.

O que diz a filosofia estóica?

O Estoicismo é uma escola de filosofia fundada na Grécia Antiga. Esta filosofia busca ter uma boa vida focando apenas no que é possível controlar, deixando de sofrer por aquilo que não está no controle humano, afirma o filósofo Massimo Pigliucci no livro A Handbook for New Stoics.

O que os estoicos acreditavam?

Ao contrário do epicurismo, que era materialista e não acreditava na metafísica, o estoicismo, fundado por Zenão de Cítio (333 – 263 a.C.), era metafísico: ele acreditava que o universo tem uma ordem, e esta ordem é mantida por um logos divino, por uma racionalidade divina.

Quem foi o maior estoico?

Crisipo de Solis

Crisipo de Solis (280 a.C.-208 a.C.)

Um dos maiores representantes do estoicismo, esse filósofo grego, nascido em Solis, foi discípulo de Cleante de Assos e teve um papel importante na disseminação e sistematização dos conceitos estoicos.

Qual é a filosofia estóica?

O Estoicismo é uma escola de filosofia fundada na Grécia Antiga. Esta filosofia busca ter uma boa vida focando apenas no que é possível controlar, deixando de sofrer por aquilo que não está no controle humano, afirma o filósofo Massimo Pigliucci no livro A Handbook for New Stoics.

O que a Bíblia fala sobre o estoicismo?

O Deus dos estoicos não cria o mundo em sete dias, não expulsa ninguém do paraíso, não muda de ideia e tenta afogar toda a humanidade, não sente … O Estoicismo, baseado numa ética rigorosa de acordo com a leis da natureza, assegurava que o universo era governado por uma razão universal divina (Logos Divino) …

O que significa ser um estoico hoje em dia?

A palavra estoico, em seu uso moderno, se refere a uma pessoa que é indiferente ao prazer e à alegria, assim como à tristeza ou à dor.

O que os estoicos pensavam sobre o amor?

Amor & Estoicismo

O amor assim não deveria ser evitado, muito pelo contrário, os estoicos amam a sabedoria, disseminam o amor ao próximo e defendem a gentileza.

O que é o mal para o estoicismo?

Os estóicos estabelecem que “o único bem é o honesto, o único mal é o vergonhoso”, assim, alguns tinham valor positivo, outros negativos e finalmente outros seriam sem valor.

O que o estoicismo fala sobre a morte?

Sêneca expõe que a morte é um dos pilares da existência, ou seja, um feito natural e previsto, cabendo ao homem ideal ser consciente dessa condição e, por conseguinte, desprender-se do medo da morte suscitado e, quando preciso, valer-se do suicídio a fim de resguardar a dignidade do ser humano.

Quais são as 4 virtudes da filosofia estoica?

No estoicismo, defende-se a ideia das quatro virtudes cardinais como um roteiro para uma vida virtuosa: coragem, temperança, justiça e sabedoria.

O que é Deus para os estoicos?

Deus é Hylezoísta, ou seja, ele é a vida e a matéria do universo se manifestando. Uma vida e uma matéria eternamente em movimento. Por isso dizemos que ele é o sopro divino, que anima tudo. Deus é a razão, o logos, a ordem de todas as coisas na natureza, ele é o destino e a necessidade suprema.

Quais são as 4 virtudes do estoicismo?

No estoicismo, defende-se a ideia das quatro virtudes cardinais como um roteiro para uma vida virtuosa: coragem, temperança, justiça e sabedoria.