fevereiro 25, 2024

Qual a cor de Biz mais cara?

Anunciada em setembro de 2023, a versão 125 ganhou a cor Prata Fosco no lugar da tonalidade marrom. Aliás, quando falamos sobre a linha 2023, estamos nos referindo apenas à versão mais cara e potente da Biz, pois a versão 110i ainda aparece no site como linha 2022.
Em cache

Qual a cor mais vendida de biz?

A cor mais pedida , Branca com Caramelo, a Pronta.

Qual a Biz mais barata?

Honda Biz 110i

Essa versão de menor cilindrada é uma das motos mais baratas do mercado e mesmo assim oferece conforto, é compacta e tem uma qualidade impecável. Além disso, possui câmbios semi automáticos e bastante espaço no banco interno.

Qual é a Biz mais completa?

A nova Honda Biz 125 é igualzinha a você: 100% digital. É isso mesmo, o painel da Biz ficou todinho digital e mais completo.
Em cache

Qual é a Biz mais vendida?

Uma das motos mais vendidas do Brasil, a Biz 125 é a 3ª colocada de vendas no ano, ficando atrás somente de CG 160 e Bros 160 (VEJA O RANKING COMPLETO).

Qual é a Biz mais forte?

A Honda Biz 125 é flex e tem mais itens de série, conta com painel 100% digital e motor mais potente, com aproximadamente 15 cilindradas a mais que a Honda Biz 110i, que é a versão de entrada. As opções de cores também são diferentes. A Biz 110i está disponível nas cores branco, cinza metálico e vermelho perolizado.

Qual é a cor da BIZ 2023?

A Honda disponibiliza meios de financiamento e de consórcio da linha popular de motos 124,9cc. A nova BIZ está disponível nas cores prata fosco, branco e azul, branco perolizado e vermelho.

Qual a melhor Biz 110 ou 125?

As Biz 110i ou 125 gastam pouco combustível, mas entre as duas, a Biz 110i é certamente a mais “pão dura”. √ Se rodar frequentemente em vias de trânsito rápido. A maior potência do motor ajudará a acompanhar com mais desenvoltura o ritmo das grandes avenidas, ou mesmo das rodovias.

Qual moto comprar com 7 mil reais?

  • 1 – Honda Biz 110i 2018 – a partir de R$ 9 mil.
  • 2 – Honda Pop 110i 2018 – a partir de R$ 7 mil.
  • 3 – Haojue DR 160 2022 – a partir de R$ 17 mil.
  • 4 – Haojue Nex 115 2021 – a partir de R$ 9 mil.
  • 5 – Yamaha NMax 2018 – a partir de R$ 14 mil.

Qual moto compensa comprar em 2023?

  • Confira abaixo as 10 motos mais vendidas em 2023.
  • 1- Honda CG 160.
  • 2- Honda Biz.
  • 3- Honda NXR 160 Bros.
  • 4- Honda Pop 110i.
  • 5- Mottu Sport 110i.
  • 6- Yamaha XTZ 250.
  • 7- Yamaha YBR Factor 150.

Qual Biz vende mais?

Segundo a Honda, a 125 é a que vende mais, principalmente nos estados do Sudeste que são responsáveis pela maior parte do volume de vendas. No Nordeste, porém, onde o valor do etanol não compensa, a 110i ainda é a preferida, trazendo a vantagem de ser mais em conta.

Qual é a moto mais desejada do Brasil?

A moto usada mais desejada do Brasil não é pequena nem barata: com porte e cilindrada médios, desempenho forte e preço não muito acessível, a Honda CB 600F Hornet é o modelo usado mais cobiçado, segundo a mais recente pesquisa da Webmotors Insight.

Qual Biz compensa comprar?

ESCOLHA A BIZ 110i

Apesar de ter menor potência, nesta condição de uso o motor da Biz 110i dá tranquilamente conta do recado. √ Se quiser ficar mais tempo sem abastecer. As Biz 110i ou 125 gastam pouco combustível, mas entre as duas, a Biz 110i é certamente a mais “pão dura”.

Quanto sai uma Biz 125 financiada?

Entrada de R$ 5.241 e saldo financiado em 36 parcelas de R$ 319,53.

Qual banco financia moto 100%?

O Banco do Brasil está entre os melhores bancos para financiamento. Além de possuir a opção de financiamento sem entrada, você pode financiar até 100% do valor da moto. Com isso, terá ainda até 36 meses para pagar todo o bem.

Qual o melhor motor da Honda 125?

1 – Honda Biz 125.

Qual a moto mais popular?

Quem lidera as motos urbanas continua sendo a implacável Honda CG 160. A líder comercializou 39.754, 12.647 a mais do que em fevereiro.

Qual moto é a mais vendida no Brasil?

A Honda CG 160 permanece como o modelo mais vendido no Brasil. Apenas no primeiro semestre, ultrapassou o marco de 210 mil unidades comercializadas, um crescimento de 18,2% sobre os primeiros seis meses de 2022 e o suficiente para que vender mais que o dobro da segunda colocada, a Honda Biz (99.064).