maio 20, 2024

Para que serve o Documento de Arrecadação Estadual DAE?

​O DARE-SP – Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais – permite ao contribuinte recolher tributos e demais receitas públicas estaduais de São Paulo. O DARE-SP está progressivamente substituindo receitas antes recolhidas em GARE ou GNRE.
Em cache

Como pagar Documento de Arrecadação Estadual?

Você pode pagar os tributos pelo App CAIXA, Internet Banking, pagamento ao fornecedor via arquivo, caixas eletrônicos, Lotéricos e agências da CAIXA.

O que é Documento de arrecadação?

DAS — Documento de Arrecadação do Simples Nacional, é uma guia de pagamento que engloba todos os impostos municipais, estaduais e federais que devem ser pagos por microempreendedores individuais (MEI), microempresas (ME) e empresas de pequeno porte (EPP).

Quem deve pagar o DARE?

O documento DAR funciona de maneira bastante semelhante ao DARF, porém se refere apenas a tributos estaduais que devem ser recolhidos pelas pessoas físicas ou jurídicas.
Em cache

Qual é o valor do DAE?

contribuição previdenciária — INSS patronal, paga pelo empregador — 8% do salário; contribuição previdenciária — INSS, paga pelo trabalhador — entre 8% e 11% dependendo do valor do salário; imposto de renda retido na fonte — IRRF — incide somente se o trabalhador recebe acima de R$ 1.903,98.

Qual o prazo de validade do DAE?

R. O prazo de validade do DAE é o último dia do mês em que ocorreu a sua emissão. Os bancos não poderão receber DAE com prazo de validade vencido e nem calcular acréscimos para este fim.

Como tirar o Documento de arrecadação?

Para realizar a emissão desse boleto, o microempreendedor deverá ter em mãos o número do CNPJ e acessar o site da Receita Federal, onde poderá gerar o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

Como emitir Guia de Arrecadação Estadual?

As guias podem ser emitidas diretamente no Portal ou pelo serviço de emissão em lote. Além das guias Simples, os contribuintes poderão emitir GNRE com Múltiplas Receitas e Múltiplos Documentos de Origem.

Para que serve o Documento único de arrecadação?

O Documento Único de Arrecadação – DUA é destinado ao pagamento de impostos e taxas estaduais. Sua emissão é efetuada por meio do site da SEFAZ.

Para que serve arrecadação?

Parte dos recursos arrecadados é repassada para os Estados e Municípios, para que eles possam pagar as despesas da própria máquina pública e oferecer a estrutura necessária para a população em diversos âmbitos: na saúde, educação, cultura, lazer, entre outros.

Porque tem que pagar o DARE?

O DARE-SP (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais) permite que o contribuinte recolha tributos e outras receitas públicas estaduais de São Paulo. As receitas pagas por meio da guia GNRE (Guia Nacional de Recolhimento de Tributos Estaduais) a favor do estado de São Paulo passaram a ser recolhidas pelo DARE-SP.

Qual o valor do DARE?

TAXA JUDICIÁRIA

Guia DARE-SP (Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais – SP). 4%* sobre o valor atribuído à causa, devidamente atualizado.

Como funciona o pagamento DAE?

O DAE é impresso, necessariamente, com código de barras e pode ser pago em qualquer canal eletrônico disponível no BB: TAA, Internet, Gerenciador Financeiro, ASP, Central de Atendimento BB, Correspondentes Bancários, Banco Postal, etc., além dos guichês de caixa das agências.

Como saber se a taxa DAE foi paga?

Para verificar quais guias DAE's não foram pagas, o empregador precisa acessar o sistema do eCAC na Receita Federal e conferir os documentos de cada competência. Podemos considerar a Guia DAE do eSocial como o núcleo do emprego doméstico.

Quem tem que pagar a DARF?

Já com ativos de renda variável, como ações, Fundos Imobiliários (FIIs), Opções e ETFs, após determinadas operações, o próprio investidor deve gerar e pagar o DARF no mês consecutivo. É neste ponto que entra o DARF Comum. Ele é o documento para fazer esse tipo de recolhimento.

Para que serve o das?

O DAS é o Documento de Arrecadação do Simples Nacional, ou seja, é como você, empresário, vai recolher os impostos. Os impostos para o MEI são especiais. Além de um valor baixo, ele é fixo. Ou seja, você pode colocar no seu controle de gastos e não tem surpresas ao final do mês.

Quais são os impostos cobrados pelo Estado?

Impostos Estaduais: São responsáveis por cerca de 28% das arrecadações do país, sendo eles: ICMS, IPVA, ITCMD. Impostos Municipais: São responsáveis por cerca de 5,5% das arrecadações do país. São eles: IPTU, ISS, ITBI.

Qual a diferença entre Gare e Dare?

​​​​A GARE – Guia de Arrecadação de Receitas Estaduais foi substituída pelo DARE – Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais. Atenção! O aplicativo de emissão de GARE ICMS foi descontinuado em 30/11/2022.