julho 22, 2024

O que é o complexo de Édipo na psicanálise?

O que é o Complexo de Édipo:

Complexo de Édipo é uma fase do desenvolvimento psicossexual da criança do sexo masculino, que se caracteriza quando esta começa a sentir uma forte atração pela figura materna e se rivaliza com a figura paterna.
Em cacheSemelhantes

Como entender o complexo de Édipo?

O Complexo de Édipo é um termo basicamente usado para descrever os sentimentos de um menino à sua mãe (atração) e ao seu pai (repulsa). Isto é, o desejo do menino pela mãe e o consequente ciúme que ele sente do pai. É como se o filho visse o pai como um rival, ao querer a atenção e afeto de sua mãe.

Qual a importância do complexo de Édipo para Freud?

Uma das principais funções do complexo de Édipo é o reconhecimento das limitações da vida. Embora seja um tema que envolva muito a sexualidade, Freud compreende que não se restringe somente a isso e trabalha questões como a dificuldade de lidar com as frustrações a partir do período edipiano.
Em cache

Qual o papel do complexo de Édipo na constituição psíquica?

Grosso modo, Freud propõe que será no Complexo de Édipo que o infante iniciará o estabelecimento de introjeções acerca dos objetos que o cercam, estabelecendo assim, o seu primeiro contato social, ou onde serão estabelecidas as primeiras relações sociais do sujeito.

O que Freud diz sobre mãe e filho?

Freud embasa o Complexo de Édipo a partir das moções que envolve um triangulo, pai, mãe e filho. A criança terá seu desejo dirigido, (no caso do menino), para a figura materna, onde, a entrada do outro, representado pela figura paterna trará inquietação, angústia e rivalidade da criança com este terceiro.

Em que obra Freud fala sobre o complexo de Édipo?

Ademais, Freud dedica apenas um texto específico ao complexo de Édipo, a saber, “A Dissolução do Complexo de Édipo“ (1924).

Como o complexo de Édipo é resolvido?

O complexo de Édipo é resolvido quando a rivalidade entre a criança e o seu genitor é superada por uma identificação entre os dois. Assim, se estabelece o equilíbrio afetivo sexual. Neste momento, a angústia da castração é superada.

O que acontece quando o complexo de Édipo e mal resolvido?

O Complexo de Édipo mal resolvido se inicia na fase fálica.

É quando aparece o Complexo de Castração. O menino acha que será castrado pelo pai por desejar a mãe. Nessa fase a criança está descobrindo a diferença entre o corpo masculino e o feminino.

O que Freud diz sobre a figura paterna?

O pai, no sentido de função, introduz a proibição do incesto e abre caminho para que o sujeito entre na cultura. Por conta disso, o complexo de Édipo será superado e a lei introjetada. Em Freud, a função paterna é o que gera o indivíduo adulto; é preciso matar o pai para amadurecer psiquicamente.

O que Freud diz sobre abandono paterno?

O ABANDONO PATERNO COMO EXPERIÊNCIA TRAUMÁTICA

De modo geral, para Freud (1920), o período no qual o pai exerce sua maior importância na vida do filho é na fase fálica, mais especificamente no período do complexo de Édipo, ocorrendo entre o terceiro e quinto anos de vida.

O que é uma mãe fálica?

Assim as mães fálicas seriam aquelas cujos filhos significam algo vital, o atributo mais importante da vida, portanto psicologicamente inseparável, causando prejuízos inconscientes à criança, pela angustia de se separarem destes que significam seu poder.

Como o Complexo de Édipo é resolvido?

O complexo de Édipo é resolvido quando a rivalidade entre a criança e o seu genitor é superada por uma identificação entre os dois. Assim, se estabelece o equilíbrio afetivo sexual. Neste momento, a angústia da castração é superada.

O que acontece se o Complexo de Édipo não for superado?

Freud afirma que quando o Complexo de Édipo fica “mal resolvido” podem existir várias consequências, tais como: a identificação com o progenitor do sexo oposto (homossexualidade, comportamento submisso, dependência excessiva ao sexo feminino, etc.), já que o menino sem pai, vai querer ser como a mãe.

O que acontece quando o Complexo de Édipo e mal resolvido?

O Complexo de Édipo mal resolvido se inicia na fase fálica.

É quando aparece o Complexo de Castração. O menino acha que será castrado pelo pai por desejar a mãe. Nessa fase a criança está descobrindo a diferença entre o corpo masculino e o feminino.

Como saber se tenho Complexo de Édipo?

Como identificar o complexo de Édipo

  1. Sentimento de grande afeto à mãe;
  2. Sentimentos negativos em relação ao pai, podendo haver sentimento de ódio;
  3. Maior interesse pelo órgão sexual;
  4. Ciúme excessivo quando os pais estão juntos;
  5. Atitudes agressivas em relação ao pai, já que o enxerga como rival;

Quando acaba o Complexo de Édipo?

De acordo com o pai da Psicanálise, o Complexo de Édipo é um acontecimento normal central da sexualidade infantil que, na maioria dos casos, desaparece de forma espontânea durante a infância. Com o passar do tempo, o complexo desvanece-se, sendo neste momento que surge o equilíbrio familiar.

O que Freud fala sobre as mães?

Ser mãe é correlato da falta do objeto essencial para a mulher: o falo. Para a mãe, a criança, longe de ser apenas a criança, é também o falo. Ao tomar este valor de falo, ela se identifica com o significante do desejo materno.

O que é Deus para Freud?

Ele dizia que Deus é “uma exaltação do pai”, “uma sublimação do pai”, “um substituto do pai”, “uma cópia do pai” e finalmente que “Deus é o pai”.