maio 24, 2024

O que é o domínio morfoclimático?

Domínios morfoclimáticos são regiões definidas com base na sua composição paisagística, formada pela interação dos seguintes elementos: clima, relevo, vegetação, solo, hidrografia. O Brasil é composto por seis domínios: amazônico, da caatinga, do cerrado, dos mares de morro, das araucárias e das pradarias.
Em cache

Quais são as principais características do domínio morfoclimático Cerrado?

É conhecido como savana brasileira e possui uma grande biodiversidade. Sua vegetação possui características predominantes, como árvores de tronco grosso e tortuoso, além de gramíneas e arbustos. O clima do Cerrado é tropical sazonal, apresentando duas estações definidas: uma seca e outra chuvosa.

Qual é o clima do domínio morfoclimático do Cerrado?

O Cerrado possui árvores de galhos secos e tortuosos, as quais são adaptadas a sobreviver em climas quentes e com longas estiagens. É o segundo maior bioma do país e o segundo maior da América do Sul. Possui clima tropical, com duas estações bem definidas – uma seca e outra chuvosa.
Em cache

Qual é o relevo do domínio morfoclimático do Cerrado?

O relevo do Domínio do Cerrado é em geral bastante plano ou suavemente ondulado, estendendo-se por imensos planaltos ou chapadões. Cerca de 50% de sua área situa-se em altitudes que ficam entre 300 e 600 m acima do nível do mar; apenas 5,5% vão além de 900m.

Qual é a vegetação do domínio morfoclimático?

O domínio morfoclimático amazônico predomina na região norte, sendo caracterizado pelo clima equatorial (com suas características de clima intensamente quente e úmido, chuvoso), pela vegetação de florestas equatoriais (Floresta Amazônica), um relevo de planícies e depressões.

Qual é o maior domínio morfoclimático do Brasil?

domínio morfoclimático amazônico

O domínio morfoclimático amazônico está situado ao norte brasileiro, e é a maior região morfoclimática do Brasil, com uma área de aproximadamente 5 milhões km² – equivalente a 60% do território nacional, onde estão localizados os Estados do Amazonas, Amapá, Acre, Pará, Maranhão, Rondônia, Roraima, Tocantins e Mato …

Qual a principal característica do domínio Cerrado?

O Cerrado apresenta vegetação distribuída em formações savânicas, florestais e campestres. As espécies variam entre plantas arbóreas, herbáceas, arbustivas e cipós. Além das árvores de troncos tortuosos, existem também cactos e orquídeas nesse bioma brasileiro.

Quais impactos ambientais ocorrem no domínio morfoclimático do Cerrado?

As duas principais ameaças à biodiversidade do Cerrado estão relacionadas a duas atividades econômicas: a monocultura intensiva de grãos e a pecuária extensiva de baixa tecnologia. O uso de técnicas de aproveitamento intensivo dos solos tem provocado, há anos, o esgotamento dos recursos locais.

Quais impactos ambientais ocorrem no domínio morfoclimático do cerrado?

As duas principais ameaças à biodiversidade do Cerrado estão relacionadas a duas atividades econômicas: a monocultura intensiva de grãos e a pecuária extensiva de baixa tecnologia. O uso de técnicas de aproveitamento intensivo dos solos tem provocado, há anos, o esgotamento dos recursos locais.

Onde fica o domínio morfoclimático Cerrado?

O domínio morfoclimático do cerrado está localizado no centro-oeste brasileiro, especialmente para a região mais central do país, em uma área com vastos planaltos e famosa por suas chapadas (planaltos com topo plano).

Qual a localização do domínio morfoclimático?

Domínio morfoclimático dos mares de morros

Esse domínio abrange todo o litoral leste do país, do Nordeste até a região Sul. Contempla também boa parte do estado de São Paulo. O seu nome é decorrente das formas de relevo identificadas em parte da sua extensão.

Como são classificados os domínios morfoclimáticos?

Em nosso país, existem seis grandes domínios morfoclimáticos, sendo eles: Domínio Amazônico; Domínio das Caatingas; Domínio dos Cerrados; Domínio dos Mares de Morros; Domínio das Araucárias e Domínio das Pradarias.

Qual é o melhor domínio morfoclimático?

Domínio Amazônico:

É o maior domínio morfoclimático do Brasil, ocupa cerca de 40% do território brasileiro e abrange a maior parte dos estados de Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Amapá, Pará e parte do Maranhão, Tocantins e Mato Grosso.

Qual é a diferença entre o domínio morfoclimático E o bioma?

O bioma leva em consideração aspectos bióticos, e o domínio morfoclimático considera o clima e a morfologia do local, como o próprio nome nos diz. Ou seja, o bioma, configura todos os aspectos do ambiente, como fauna, flora, e o clima. Já o domínio morfoclimático vai se ater apenas ao clima e a morfologia do local.

Como podemos descrever o Cerrado?

O Cerrado, também conhecido como savana brasileira, é o segundo maior bioma do Brasil e da América do Sul. Caracteriza-se por grandes biodiversidade e potencial aquífero. Rico em biodiversidade, o bioma Cerrado é a segunda maior formação vegetal do Brasil.

Qual é a vegetação típica do Cerrado?

A vegetação principal do Cerrado é a do cerrado sensu lato, que cobre cerca de 85% da área total. O restante da província do Cerrado é ocupado pelos outros tipos de vegetação e também por corpos d'água.

Porque o Cerrado é o bioma mais ameaçado?

As duas principais ameaças à biodiversidade do Cerrado estão relacionadas a duas atividades econômicas: a monocultura intensiva de grãos e a pecuária extensiva de baixa tecnologia. O uso de técnicas de aproveitamento intensivo dos solos tem provocado, há anos, o esgotamento dos recursos locais.

Quais são as principais ameaças ao bioma Cerrado?

Em relação à biota aquática das bacias hidrográficas do Cerrado, as principais ameaças são o desmatamento, a poluição industrial e doméstica, os insumos aplicados à agricultura, a construção de barragens e aterros, que modificam os hábitats necessários à sobrevivência dessa fauna (Ribeiro, M.C.L.B., 2007).