Os meses de Junho e Julho foram… Complicados. Primeiro fiquei sem meu computador e em seguida questões profissionais me mantiveram ocupado o suficiente pra apenas agora ter feito a minha visita mensal (eu sei, pulei o mês de Junho) ao Catarse.

Seguem os projetos que mais me chamaram a atenção, lembrando que mesmo não conseguindo apoiar eu vou listar aqui os de que mais gostei. E isso é importante: vou listar os que chamaram a minha atenção, ou seja, caímos na questão do gosto. 

Para garantir que você não vá perder nada que seja de seu interesse, recomendo visitas regulares à página de quadrinhos do Catarse.

 

Classified

Classified #01

Construir histórias fictícias usando fatos históricos como gancho sempre me fascinou. Também sou fã da franquia (tanto livros quanto filmes) de 007. Em Classified #01, com roteiro de Felipe Cagno, arte de Marcelo Costa e cores de Marcelo Maiolo, a proposta é contar a história da criação do Serviço Secreto Inglês usando fatos históricos como gancho para a ficção. Ainda tem opção de capa variante de Tony Silas e de Bilquis Evelyn. Me representa.

 

 

YOWIYAPrint

Projeto do ilustrador Hiro Kawahara, Yowiya propõe contar a história de um deus dos chimpanzés da Nova Guiné que por conta da brincadeira de uma criança tem seu primeiro contato com o mundo dos homens. A partir daí ele decide tornar-se o deus dos homens a qualquer custo, tendo como companheiras de jornada o espírito de uma modelo francesa assassinada e Cinco, a humana que serve de canal para estas duas entidades se manisfestarem no mundo terreno. Gostei de tudo.

 

Blacky_Silence_CAPA_CAPITULO1_low

Black Silence

 

Auto da Catingueira em QuadrinhosAuto

Projeto sob a responsabilidade de Marcos Guerra. A história contada pelo narrador, o Cego Cantador, é a da vida de Dassanta, uma mulher mais bela que a própria morte e que talvez fosse a própria caatinga encarnada. Acompanhamos desde seu nascimento, suas aventuras sobrenaturais, até o derradeiro dia de sua vida, que culmina com o terrível combate entre os violeiros apaixonados, Chico das Chagas e o Cantador do Norte.

Este projeto é uma adaptação do disco O Auto da Catingueira, uma ópera nordestina lançada como disco nos anos 80, de autoria de Elomar Figueira Mello, músico e arquiteto, também conhecido pela sua participação nos álbuns “Cantoria”, lançados pela Kuarup Discos. HQ com trilha sonora assinada por um dos grandes músicos do Brasil.

 

Cornos

Cornos

 

 

Se você curtiu algum destes projetos, não deixe de acessar o Catarse e apoiar. Se nada disso chamou sua atenção (como chamou a minha), passa na paǵina de HQs do Catarse , você pode se surpreender. 

— Sergio Barretto teve um passado nebuloso sobre o qual nunca fala. Ninguém sabe ao certo o que ele fazia, mas alguns indícios de ações secretas e aterradoras já desestimularam muita agente a continuar investigando. Hoje é um homem sério, cumpridor de seus deveres e apaixonado por histórias em quadrinhos desde que se entende por gente, e a cada ano faz mais tempo que ele se entende por gente. Faz parte do Quadro a Quadro desde sua criação e costuma ser gente boa, mas as vezes passa a impressão de que seu passado sombrio pode retornar a qualquer momento, pondo a todos em perigo.