Artigo desenvolvido por Vinícius L.Toledo à Universidade Estadual da Bahia – UNEB,  com orientação do professor Jairo Carvalho

Resumo: 

A Guerra Fria influenciou de forma direta a produção cultural da década de 1980, tanto no cinema quanto nas revistas em quadrinhos. Algumas das histórias em quadrinhos, como em Watchmen, traziam discussões como o medo atômico e o anticomunismo, temas característicos da política norte-americana na década de 1980. Nessa perspectiva, o presente artigo tem por objetivo analisar a representação da Guerra Fria e a ação de vigilantes reais na cidade de New York na história em quadrinhos de Watchmen, para assim compreender a sua visão crítica sobre a guerra e o cotidiano político da década de 1980. 

Palavras-chave:

Guerra Fria – Vigilantes – Histórias em quadrinhos.

 

 
O conteúdo deste artigo expressa a opinião do autor Vinícius L. Toledo, que é plenamente responsável pelo mesmo e publicado com sua autorização.

 

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...