Neste mundo louco em que vivemos, sempre nos ensinam que as melhores coisas são feitas com amor. Entretanto, os mais denotativos diriam que amor não paga as contas, não põe comida na mesa e nem traz aquele quadrinho no fim do mês.

Em um mundo onde apenas o lucro é posto em primero plano, produções como Homem-Aranha 3, Mulher-Gato, Elektra e TODOS os filmes do Justiceiro são provas cabais de que é preciso amor para que as coisas legais aconteçam.

E foi com muito amor que o ator Thoman Jane – sim, ele mesmo, o que encarnou o segundo filme do Justiceiro -, juntamente com Ron Perlman, que também já mostrou quanto amor transborda do seu coração, desembolsaram uma grana própria e fizeram um curta de 10 minutos mostrando um típico dia em que Frank Castle leva a roupa para a lavanderia. O filme foi exibido no painel da RAW Studios, empresa do próprio Thomas, durante a San Diego Comic-con 2012.

Confiram o tanto de amor e carinho que há em Dirty Laundry:

 

 

E durante a apresentação, Thomas Jane disse: "Eu queria fazer um filme de fã para um dos personagens que sempre amei e acreditei. Uma carta de amor a Frank Castle e seus fãs"

 

 

Vamos lá, Hollywood! Vamos por mais Sazon nas suas produções. É simples, é viável e todos saem ganhando.

 

— Adalton nasceu no último dia de uma lua cheia, mas acha que isso não tem nenhuma relação com a sua vida; começou comprando quadrinhos por puro modismo - uma edição da Turma da Mônica parodiando Jurassic Park; sua primeira compra consciente foi a edição nº 01 de Batman: A queda do Morcego, ainda formatinho. Acredita que irá terminar a graduação em Letras antes da catástrofe de 2012 e daqui até lá está estudando parte das traduções intersemióticas das peças de Shakespeare já produzidas. E nos interlúdios, tenta produzir roteiros a partir idéias rabiscadas em antigos pedaços de papel.