A Turma da Mônica foi criada há mais de 50 anos por Mauricio de Sousa. Seus primeiros personagens foram Franjinha e seu melhor amigo, o cachorro Bidu. De lá pra cá, a turma aumentou, inúmeros personagens surgiram, saíram das tiras de jornais e pularam para os gibis. A estreia foi pela Editora Continental, depois a Editora Abril na década de 70, por um período de 16 anos, seguido da Editora Globo, que assumiu a publicação em 1987 até 2006, e foi ai que tudo mundou.

Turma da Mônica sempre foi sinônimo de sucesso, milhões de exemplares vendidos, já teve filmes, desenhos animados, peças de teatro, uma variedade sem fim de produtos licenciados, grandes jogadores de futebol viraram personagem da turma, tudo isso reflexo do imenso alcance que os personagens de Mauricio tem com o público brasileiro e internacional.

Esse enorme sucesso chamou a atenção da multi internacional Panini. A editora assumiu a publicação dos personagens em 2007 e desde então tem abalado a estrutura do mercado editorial de quadrinhos. Tudo isso só foi possível também graças a uma aquisição muito importante, feita pela Mauricio de Sousa ProduçõesSidney Gusman. O Editor-chefe do site UniversoHQ revolucionou a linha editorial da MSP propondo vários gibis diferentes, começando com a trilogia que viria a comemorar os 50 anos de carreira do criador da turminha. MSP por 50 artistas, MSP mais 50 e MSP novos 50 alcançou o sucesso de público e crítica, além de atender a um desejo de longa data dos fãs, ver a Mônica, Cebolinha, Cascão e demais personagens pelo traço de outros artistas.

No ano em que assumiu os personagens, a editora publicou uma série de livros que apresenta As Tiras Clássicas da Turma da Mônica, coleção que até o momento conta com 8 edições publicadas. Iniciou também a publicação de Turma da Mônica Coleção Histórica, série que tem republicado na ordem em que foram publicadas originalmente, todos os gibis da Turma, Cascão, Magali, Chico Bento, Mônica Cebolinha. Atualmente a série está na edição 31.

Em agosto de 2008 chegava às bancas brasileiras o maior sucesso editorial de quadrinhos do mundo nos últimos anos. Turma da Mônica Jovem apresenta a versão adolescente da turminha. A coleção que atualmente está no número 51, passou por vários momentos marcantes, como o primeiro beijo entre o Cebola (nome pelo qual o Cebolinha é chamado agora) e a Mônica (edição n° 4), o pedido de namoro entre esses personagens (edição n° 34), que bateu o recorde mundial na ocasião do lançamento, com 500 mil exemplares vendidos. A edição 42 trouxe um encontro  há muito esperado, finalmente os personagens de Mauricio de Sousa e Osamu Tezuka se encontram, numa aventura em três edições. O lançamento do número 50 foi outro marco editorial, noticiado em todas as mídias, apresenta uma história (no futuro) em que narra o casamento de Mônica e Cebolinha, finalmente juntos para sempre.

Em 2009, a MSP em parceria com a Panini entrou também no mercado para livrarias, publicando a edição comemorativa Bidu 50 anos. A edição de luxo caiu no gosto dos fãs e virou uma série, que vem comemorando o cinquentenário dos personagens. Em 2010 foi a vez do Cebolinha 50 anos e em 2012 Chico Bento 50 anos. Em 2009 o clássico Turma da Mônica: Romeu e Julieta foi republicado, dessa vez numa edição de luxo para colecionadores.

Ainda em 2012, através do talento de Sidney como editor e aos olhos atentos do papai Mauricio, a Panini Comics anunciou Ouro da Casa, um dos projetos mais aguardados dos últimos tempo que repete a fórmula da trilogia MSP, porém os convidados agora são os artistas que já trabalham na MSPque como o Mauricio definiu muito bem, são o Ouro da Casa. Uma coleção imperdível, que além de homenagear de forma muito justa o criador de todo esse universo mágico, dá o merecido destaque a todos esses artistas que todos os meses embalam os sonhos de milhares de pessoas por todo o mundo. E o gibi, que contém várias histórias sensacionais, ainda mostra o talento de Gusman como roteirista, com a HQ Aprendizado, que vai emocionar crianças de todo o Brasil e muito marmanjo também!

E a virada editorial não parou por ai, a MSP e a Panini Comics anunciaram em novembro do ano passado no FIQ (Festival Internacional de Quadrinhos – em Belo Horizonte) que iriam publicar uma nova série chamada Graphic MSP, uma série de álbuns especiais estrelando seus personagens clássicos em uma abordagem única nas mãos de outros artistas. São eles: Danilo Beyruth, com uma historia do AstronautaGustavo Duarte, com uma aventura do Chico Bento; os irmãos Vitor Lu Cafaggi, com a Turma da Mônica clássica; e Shiko, com o Piteco.

Cada Graphic Novel apresentará uma história completa em 72 páginas.

O primeiro desses álbuns a ganhar um preview e data de lançamento foi o Astronauta. A edição com roteiro e arte de Danilo Beyruth, conta com as cores da brasileira Cris PeterAstronauta – Magnetar tem lançamento programado para a  19ª Fest Comix, que acontece de 19 a 21 de outubro em São Paulo. 

Com certeza a nova casa editorial dos personagens, tem alavancado ainda mais o sucesso de Mônica e cia., prmitindo de vez a entrada no imaginário popular brasileiro, quiçá do mundo. Os fãs só podem agradecer e esperar o que mais vem por aí.

Até que outras novidades apareçam, fiquem agora com o preview de Astronauta – Magnetar.

 

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...