Os fãs do Gladiador Esmeralda estão em polvorosa este ano. Pela primeira vez o herói será levado as telonas de todo o mundo, e apesar das imagens duvidosas – eu ainda não tenho muita fé neste filme – confesso que estou ansioso pela película.

No rastro do barulho que o filme vai provocar, a Panini Comics programou três excelentes lançamentos anunciados em seu blog Wizmania.

Portanto este semestre os leitores brasileiros encontrarão nas comics shops e livrarias o encadernado da coleção Lanterna Verde Crônicas vol. 2, continuação das aventuras clássicas – histórias originalmente publicadas em 1960 – do herói. Até agora, os álbuns do Lanterna Verde são os melhores da coleção crônicas. Essa edição terá capa dura com 164 páginas e conta com momentos especiais na saga do herói, como o surgimento de Tomar-Re, Hector Hammond e a origem de Sinestro

Lanterna Verde: Origem Secreta contém a atualização que o roteirista Geoff Johns e o desenhista brasileiro Ivan Reis fizeram de Hal Jordan. O encadernado terá capa dura com 180 páginas. 

No ano passado a Panini lançou Lanterna Verde: Sem Medo, um álbum do selo DC Deluxe com 324 páginas e capa dura. Este ano sai a continuação, com mais 324 páginas e capa dura, Lanterna Verde: A vingança dos Lanternas verdes, apresenta a história onde Hal Jordan precisa salvar seus amigos lanternas que ele julgava ter matado quando foi controlado por Parallax. Com este lançamento a Panini encaderna mais do início da fase de Geoff Johns, autor responsável pela reformulação do herói e de toda a sua mitologia.

Se continuar assim – eu torço por isso – a Panini aos poucos vai relançar todo o trabalho que Geoff Johns, Ethan Van Sciver, Ivan Reis, Carlos Pacheco e outros artistas vêm realizando com o herói em álbuns luxuosos dignos de se ostentar na estante.

Os preços e as datas de lançamento dos álbuns ainda não foram divulgados pela editora.

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...