Na casa dos 79 anos, Mauricio de Sousa sempre se renova com o mesmo ritmo de seus fãs, gerações que levam na bagagem as mauricio2aventuras de Mônica e sua turma – a pessoa que escreve este texto é uma delas.

Em mais uma “energia renovável”, como ele considera o contato com o público, Mauricio autografou edições de Meu Pequeno Evangelho (Editora Boa Nova), na tarde de 13 de dezembro em São Paulo, na região da Av. Paulista. Só para ter ideia, 70 senhas foram distribuídas aos compradores do livro, sendo que o primeiro deles chegou às 8 horas da manhã (a sessão estava marcada para às 15 horas)!

Após mais de duas horas de autógrafos – no livro e em objetos trazidos pelo público , poses para fotos, sorrisos e algumas lágrimas, Mauricio atendeu a imprensa individualmente, sendo que o QaQ foi um dos primeiros!

“Cada metro quadrado de público que aparece é uma emoção, uma energia renovável. Hoje eu não ia desenhar, mas o público foi paciente, esperou e vemos tantas histórias bonitas que não teve como não atender”, frisou Mauricio. E depois do papo, não teve mesmo como resistir: um pedido de autógrafo por essa ‘Quadrada’, com direito a ilustração da Magali, foi aceito.

mauricio4O próximo projeto será voltado para a filosofia budista, disse Mauricio. “Mas antes de tudo, eu vejo o tema religiosidade como informação. Recebo muitos pedidos de organizações, em especial Espíritas, da América Latina para uso materiais e histórias baseadas na Turma do Penadinho, algo que eu não imaginava. O importante é passar mensagens de paz, independentemente da religião, em publicações boas, focadas nesse propósito”, arrematou.

 

 

 

O livro

capa-evangelhoCom ilustrações de Mauricio e autorias de Luis Hu Rivas, peruano radicalizado no Brasil, e Alã Mitchell, soteropolitano residente em Brasília (ambos já atuaram na TVCEI – canal espírita), o livro conta a visita de André, um primo de Seu Antenor, pai do Cascão, que é espírita. “A intenção é mostrar de forma lúdica os tesouros que temos na nossa vida, que são a compaixão, o respeito, a doação. Esses tesouros não dependem de religião. O livro teve como base os preceitos do Evangelho Segundo o Espiritismo, considerada uma das obras mais difundidas da doutrina, com mais de 30 milhões de exemplares vendidos no mundo”, explicou Rivas, que, junto com Mauricio autografou exemplares e posou para fotos.

Rivas comemorou os avanços de Meu Pequeno Evangelho, que em poucas semanas de lançamento já vendou 16 mil cópias e está na 3ª edição: “Ainda não caiu a ficha, não acreditávamos o impacto que teria! Desde 2008 que concebíamos a ideia de chamar o Mauricio para ilustrar o livro e quando foi aceito, nem acreditamos. Hoje está concretizado, mas, quem sabe no futuro, possamos expandi-lo em peça de teatro ou livro ilustrado, para colorir”, concluiu.

— Jornalista freelancer, moradora de S. Miguel Paulista - SP e também colabora para o portal Jornalirismo (www.jornalirismo.com.br). Nas horas vagas, lê Quadrinhos. Nas outras também. Mais em http://twitter.com/keliv1