Eu tinha 20 anos em 1992. Havia acabado de prestar serviço militar (obrigatório, diga-se) e retomava minha vida estudantil na Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Como boa parte dos jovens da minha turma, bebia demais, fumava maconha, era metido a “artista” (ainda demoraria uma década para eu realmente começar a me tornar um)...