Mais uma final de semana agitado na Gibiteca de Santos,  por isso, anote tudo aí para não perder nada!

            A Gibiteca Municipal “Marcel Rodrigues Paes”, Posto 5, faz neste dia 26 um debate sobre “Criação e gestão de projetos em plataformas colaborativas”, a partir das 15h, com entrada gratuita. Participam Viviane Sedola, do site Kickante e o jornalista e editor da Ateliê de Palavras, Marcus Vinicius Batista.

            A ideia do encontro é explicar como funcionam os projetos feitos em sistema de financiamento coletivo, os chamados crowdfunding. Além de servir, também, para troca de experiências entre profissionais que já fizeram esse tipo de projeto. O debate acontece dentro das atividades do chamado Setembro Criativo, criado pela Prefeitura de Santos para estimular a economia da cidade e da região.

            Viviane Sedola é formada em Relações Públicas e vice presidente de Desenvolvimento de Negócios do site Kickante. Já trabalhou para empresas como Groupon e Casas Bahia. O Kickante atua desde outubro de 2013 e já colocou no ar mais de mil campanhas de financiamento coletivo, captando cerca de R$ 4 milhões só no primeiro ano de funcionamento. O lucro do site vem dos 12% do dinheiro das campanhas que hospeda.

            O jornalista e editor Marcus Batista tem grande experiência em importantes veículos de comunicação da cidade, como a TV Tribuna, por exemplo. É também professor, mestre em Educação e colunista do jornal Boqnews e da revista Guaiaó. Atualmente, está à frente da editora Ateliê de Palavras, junto com a também jornalista Beth Soares, onde já desenvolveram vários projetos literários em sistema de financiamento coletivo.

           Ainda no dia 26, a partir das 17h30, com entrada gratuita. Participam representantes das editoras Mythos/Panini e Mino.

           O encontro faz parte da iniciativa da Prefeitura de Santos chamada de Setembro Criativo, que visa estimular a economia da cidade e da região através de eventos culturais, educativos e comerciais.

           O jornalista Fernando Lopes é natural de São Vicente e um dos mais experientes profissionais nessa área. Iniciou sua carreira no mercado editorial de quadrinhos em 2002, na Mythos Editora, como editor da recém-criada linha de quadrinhos Marvel da Panini Comics. Atualmente ocupa o cargo de gerente editorial da Mythos.

           A editora Mino estreou no mercado há apenas um ano, mas já é considerada uma revelação, principalmente nos quadrinhos brasileiros chamados “independentes”. Seu catálogo, apesar de recente, inclui nomes como Pedro Cobiaco, Shiko, Luciano Salles, Diego Sanchez e até um trabalho autoral de Mike Deodato.

         Dia 27, às 14h30, a terceira versão do evento Coffee and Drawn, em parceria com o quadrinista Adilson Reis e Rodrigo Piovesan. Nesta edição, o tema é a série Star Wars, podem participar todos os interessados em desenho, mesmo que não tenham noções avançadas desta arte.
          O Coffee and Drawn acontece mensalmente, sempre com um tema diferente, e tem a proposta de reunir os desenhistas da Baixada Santista para um dia de desenho e pintura ao vivo. A atividade proporciona a troca de experiências, informações e técnicas uns com os outros, independentemente do seu nível de conhecimento. Para ajudar na tarefa, o acervo da Gibiteca fica à disposição para referências visuais

         A partir das 17:30 haverá bate papo e lançamento coletivo com quadrinistas independentes a partir das 17h30, com entrada gratuita. Participam Felipe Nunes, André Freitas e Danyael Lopes.

            Felipe Nunes tem apenas 20 anos e sua primeira história em quadrinhos, “Klaus”, foi lançada no ano passado e muito bem recebida pela crítica especializada. Conta a história de um adolescente em plena crise de passagem para a vida adulta e ainda tem Klausprefácio do premiado autor e desenhista Fábio Moon.

            Felipe nasceu em Ubatuba, litoral norte de São Paulo e desenha apenas desde os 15 anos, mas pelos elogios que já vem colecionando desponta como um dos mais novos talentos das HQs brasileiras.

            Além de quadrinista, André Freitas é ilustrador, web designer, crítico de cinema e fotógrafo. Autor do álbum de vampiros mitológicos “Ozman: Nêmesis”, em parceria com Octavio Cariello, Freitas aposta em quadrinhos à moda antiga e já ilustrou muitos livros de RPG e infanto-juvenis. Ele também dá aulas de desenho.

            O ilustrador Danyael Lopes é o autor do álbum “Cidadão N”, que mistura fantasia, humor e aventura enquanto homenageia ícones fictícios e reais como Betty Boop, Alan Moore e o Pequeno Príncipe.

            Danyael iniciou sua carreira em 1994 como ilustrador para peças publicitárias. Desde então, já atuou como designer gráfico e animador 2D e 3D. Coordenou projetos de animação e realidade aumentada para várias empresas como Samsung, Natura, Editora Abril e FedEx Express, entre outras.      

            A Gibiteca fica no Posto 5, na avenida da praia, bem em frente à rua Oswaldo Cruz, no Boqueirão, em Santos. Funciona das 9h às 19h de segunda a sexta-feira e das 9h às 13h aos sábados e domingos, exceto nos dias de eventos. Mais informações pelo telefone 32881300 ou pelo Facebook, na página https://www.facebook.com/gibiteca.santos.

 

capa cidadão

 

— Dani Marino é formada em Letras e ainda não decidiu se prefere viver no Sonhar, em Nárnia ou em Hogwarts.