Matéria originalmente publicada pela BBC News, India.

_79447813_priyas_shakti_image2-1

Priya, uma famosa vítima de estupro que virou personagem de histórias em Quadrinhos tem seu segundo volume lançado. Nesta edição ela luta contra os ataques de ácido. Escrito pelo cineasta Indo-americano  Ram Devineni com arte de Dan Goldman.

O primeiro volume de Priya, lançado há dois anos, foi inspirado no assassinato de uma vítima de um estupro coletivo quando ela tinha 23 anos, em Delhi, 2012. Após a repercurssão negativa no mundo todo, a Índia reforçou as leis relacionadas a crimes de gênero, incluindo a introdução da pena de morte. Com inspiração nas lendas indianas, o livro contava a história de Priya, uma jovem sobrevivente de estupro coletivo que luta contra a violência sexual na Índia. A nova edição foca nos ataques de ácido que vitimizam mulheres em diversos lugares do mundo, trazendo histórias baseadas em casos ocorridos em Nova Iorque, Delhi, Bogotá. Esses ataques de ácidos são provocados por homens que se sentem rejeitados e buscam vingança.

_91067243_0136e5e9-f42c-4a07-92ca-29775fd3d20d

A HQ de 36 páginas será apresentada no Festival de Cinema de Nova Iorque no Lincoln Center na semana de 30 de setembro a 6 d eoutubro. Estará diponível em 5 línguas: Inglês, Hindi, Português, Espanhol e Italiano e pode ser baixada gratuitamente do site da publicação. No novo livro, Priya (que significa amor) monta em em seu tigre Sahas (coragem) até “O castelo” para confrontar o terrível Ahankar (Ego ou Arrogância), um demônio disfarçado de bom homem, que libera os ataques de ácido às vítimas presas ali.

Paromita Vohra, co-autora desta edição, diz que a arma de Priya é bem incomum. Chamado de “espelho do amor”, Pryia encoraja as mulheres a se olharem nele e enxergarem além de suas cicatrizes, para que se lembrem que são cantoras, artesãs e pintoras.

_91067247_fbf5535d-1cc4-424b-a043-78f22685c42a

Mas a lei pode apenas punir. Há tanto a ser mudado, especialmente atitudes, já que os ataques de ácido são têm suas raízes nas identidades de gênero de um sistema patriarcal”, diz Vohra. “Precisamos de discussões complexas em torno desses assuntos, discussões que ajudem a mudar esta mentalidade.”

Para ler as HQ em Português, basta acessar o site e procurar a versão em PDF disponível para download gratuitamente:
http://www.priyashakti.com/#comics

_79447807_priyas_shakti_image4

— Dani Marino é formada em Letras e ainda não decidiu se prefere viver no Sonhar, em Nárnia ou em Hogwarts.