keli_vasconcelos

 

 

► Keli Vasconcelos¹

 

 

 

 

passriQuando comprei o segundo volume de tirinhas Os Passarinhos e Outros Bichos (Estevão Ribeiro – Balão Editorial), a intenção era presentear uma amiga, mas não resisti. No álbum, o capixaba Estevão Ribeiro faz um resgate à ingenuidade, tão fora de moda nos dias de hoje porém sem ser bobinha, para contar as peripécias de dois passarinhos: um é o amargo Afonso, magrinho, alto, esverdeado e sempre reclamador. Já o outro é o ‘escritor promissor’ Hector Columbus, que é rechonchudo, branco, de asinhas curtas.

Nessa nuance de ‘Gordo e Magro’ plumado, a dupla fala de coisas comuns que vivenciamos, como amor e relacionamento (“A arte de se relacionar” e “Guerra e Paz”), festejos natalinos (“Não abra até o Natal”) e até como lidar com o tempo (“Friiiio!”).

Quem não tem um amigo que só enche os pacovás, mas não vivemos sem ele? Quem nunca tomou o famoso “pé na bunda” e foi ouvir choramingando no travesseiro “Love Hurts”? E quem ficou pra lá de ansioso para postar no Twitter o sentimento vivido ao contemplar o pôr-do-sol? Essas e outras situações são tratadas de maneira divertida e inocente, literalmente piadas advindas de dois pássaros inteligentes. Afonso, por exemplo, quer tanto ver os sinais do amor que quando uma bela ave pergunta se ele está sozinho, sabe o que ele responde, amigo leitor? “Não te interessa! Não vê que estou ocupado!”. Eita!

Outra passagem que tem uma levada de sarcasmo, na medida certa, é a seleção de tiras “Vida de Escritor”, que conta como Hector pena (com trocadilho mesmo!) para ter êxito em seus textos. E a mãe dele só queria um carteiro na família…

Em Os Passarinhos…, conhecemos outros personagens como o pobre pato português Patrício; Paulo, O Coelho, ‘arqui-inimigo’ de Hector; a gata metida a escritora depressiva Ágata Triste; o cão crítico Antonio Torquato, carinhosamente chamado de Totô; e o joão-de-barro Damião, um pedreiro ‘todo trabalhado’ na arte de paquerar. Tomara que siga o conselho de nosso amiguinho Hector: “não assobie para as garotas!”.

Além de Ribeiro, participam Leandro Robles, Danilo Beyruth, Mário César, Emerson Lopes, Lu Cafaggi, Mario Cau, Orlandeli, Ila Fox, Vitor Cafaggi e Leo Finocchi, dando ainda mais vivacidade às aventuras da dupla.

Assim que você termina de ler as tirinhas, dá vontade de incrementar com riso, sempre que possível, o nosso cotidiano. Afinal, o Grande Piador é um piadista nato! Apenas disse “Piu!” e nasceu o primeiro quadrinho, referindo-me ao capítulo de mesmo nome presente no livro.

Bom, era para eu embrulhar em um belo pacote Os Passarinhos e Outros Bichos e entregar para a amiga, mas acho que ornou tão bem por aqui que ela terá de contentar-se em pegar emprestado esse álbum que leva a vida com tanta leveza. Como uma criança traquina que a gente pega no colo e aperta a bochecha.

__________

¹ Keli Vasconcelos é jornalista de São Paulo e freelance para revistas. É colaboradora do Portal Jornalirismo (www.jornalirismo.com.br), em que conta histórias sobre São Miguel Paulista, no extremo leste da capital paulista. Saiba mais em http://twitter.com/keliv1

*O conteúdo deste post expressa a opinião da autora, que é plenamente responsável pelo mesmo.

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...