Samuel Casal, artista que hoje completa 38 anos, nasceu em Caxias do Sul em 21 de Março de 1974.

Especialista em ilustração editorial, talentoso, Samuel Casal já colaborou com várias revistas nacionais, tendo suas ilustrações publicadas em períodicos como Mundo Estranho, Superinteressante, Quatro Rodas entre outras, desde 1990 quando começou sua carreira.

Mas, para nós do Quadro a Quadro, são seus quadrinhos que contam e com eles, Samuel não faz feio, é o autor de trabalhos para a revista Crash na Bolívia, Sudamerika para Argentina, Bolívia e Chile, ExAbrupto para a Argentina e a França.

No Brasil publicou na Ragú (n° 5 e 6), Front (n° 8, 9, 10, 11, 12 e 14), Dez na área, um na banheira e ninguém no gol, tirinhas para o jornal Folha de São Paulo e outras publicações.

Contudo, foi com Prontuário 666: Os anos de cárcere de Zé do Caixão, que Casal chamou minha atenção para sua arte. A história que narra os anos em que o personagem Zé do Caixão esteve preso é intensa e uma verdadeira surpresa para os amantes da boa arte!

Samuel Casal está a todo vapor e no caminho certo para se tornar um dos maiores quadrinistas do Brasil, e eu não vejo a hora de ter um novo trabalho seu em mãos.

Parabéns, Casal! Você merece!

Para conhecer mais sobre o artista e sua obra, visitem seu site oficial: http://www.samuelcasal.com/

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...