Estão abertas até o dia 27 de setembro as inscrições para a oficina gratuita de Roteiro Adaptado para Histórias em Quadrinhos, que ocorrerá no Museu de Arte Contemporânea de Feira de Santana.

 

Ministrada pelo roteirista Marcelo Lima (O Quarto ao Lado, Lucas da Vila de Sant'Anna de Feira), a oficina terá duração total de 15 horas-aula e apresentará os princípios básicos para a escrita de histórias em quadrinhos adaptadas de outras mídias como a literatura ou o cinema. As aulas acontecerão às quartas e sextas-feiras, no período que vai de 30 de setembro a 14 de outubro, sempre das 14h às 17h. Mais sobre o curso pode ser lido na página: https://roteiroadaptadohqs.wordpress.com/sobre-a-oficina/

Os inscritos serão selecionados pelo oficineiro de acordo com a leitura dos formulários de inscrição recebidos (o formulário pode ser preenchido no link http://bit.ly/1L998Lp). Os critérios avaliados serão criatividade, argumentação e aspirações profissionais demonstradas nas respostas às duas últimas questões do formulário, além da idade – a oficina é voltada para maiores de 16 anos. Os selecionados serão informados no dia 28 de setembro pelo email fornecido no formulário de inscrição e publicação em https://roteiroadaptadohqs.wordpress.com

Os alunos que frequentarem a oficina receberão certificado de conclusão da atividade.

 

O quê: Oficina de Roteiro Adaptado para Histórias em Quadrinhos

Quanto: Gratuito, com direito a certificação

Inscrições: Até 27 de setembro no link: http://bit.ly/1L998Lp

Resultado da inscrição no dia 28 de setembro, por email e nesta página.

Quando: Quartas e sextas-feiras no período de 30 de setembro a 14 de outubro, sempre das 14 às 17 horas. Carga horária total: 15 horas-aula.

Onde: Museu de Arte Contemporânea de Feira de Santana, Rua Geminiano Costa, 255 Contato do museu: 075 3223-7033

Quem: Oficineiro Marcelo Lima (mais sobre o oficineiro no link: https://roteiroadaptadohqs.wordpress.com/oficineiro/ )

Contato: Marcelo Lima (limarcelolima@gmail.com)

 

Esta oficina é parte integrante do projeto “O Bicho que chegou aos Quadrinhos!” patrocinado pelo Fundo de Cultura da Bahia.

oficina-de-roteiro-cartaz

— Guido queria ser um personagem de histórias em quadrinho. Depois de ler Will Eisner se contenta em ser um personagem de uma história sem quadros.