Morreu aos 83 anos o desenhista Francisco Solano López, artista responsável pela mais importante história em quadrinho da Argentina e uma das melhores do mundo, El Eternauta. Solano López morreu na madrugada do dia 12/08/2011 em consequência a queda da cama que sofreu no domingo e se encontrava em coma. O artista já tinha sofrido um derrame cerebral anteriormente.

O argentino trabalhou para diversas editoras e morou em vários países, mas foi em seu trabalho sobre uma invasão alienígena em Buenos Aires no ano de 1963, que criou com Héctor Germán Oesterheld entre 1957 e 1959,onde conseguiu o reconhecimento máximo, recebendo vários prêmios e vendo sua obra ser considerada um dos maiores clássicos da literatura argentina.

A obra que foi reeditada em 2007 na Argentina em comemoração dos 50 anos de criação do personagem, é inédita no Brasil e está prometido o lançamento pela editora Martins Fontes para este ano.

Solano López criou diversos personagens quando morou na Europa e no Brasil. Por aqui colaborou na HQ "Sangue Bom" com Carlos Patati (Almanaque dos Quadrinhos) e Allan Alex (O Cabeleira).

Uma grande perda para a Nona Arte.

Vamos esperar que a Martins Fontes edite um álbum digno do personagem e dos seus autores.

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...