O-Cabra-1A Gibiteca “Marcel Rodrigues Paes” recebe neste sábado (29) três convidados de peso no quadrinho independente nacional: Francisco Marcatti, Flávio Luiz e Daniel Esteves. Eles vão falar sobre os quadrinhos independentes e também autografar suas obras mais recentes. Ícone do quadrinho underground, Marcatti vem lançar “Lauro, a larva em Aqui me tens de regresso”, Flávio Luiz traz “O cabra”, uma história de que mistura fantasia, cangaceiros e ficção científica, e Daniel Esteves lança “São Paulo dos mortos”, um gibi com várias histórias de zumbi ambientadas na cidade de São Paulo.

Conhecido pelos temas escatológicos, Francisco Marcatti está na estrada desde 1977 e começou a carreira com revistinhas feitas por ele mesmo, com nomes sugestivos como “Lôdo” e “Mijo”. Dono de um traço inconfundível, seus personagens são quase sempre marginais, derrotados e párias da sociedade. Esta mesma sociedade que ele critica com suas secreções, explícitas ou não. Uma espécie de Gilbert Shelton tupiniquim, Marcatti não se rendeu às facilidades da fama e continua a incomodar a sociedade estabelecida com sua bem humorada rebelião gráfica.

lauro3_capaO baiano Flávio Luiz é cartunista e ilustrador. Vencedor por duas vezes do Salão Internacional de Humor de Piracicaba, já fez outras histórias em quadrinhos além de “O Cabra”, como “Jayne Mastodonte”, “Rota 66” e “Aú, o capoeirista”. Autodidata, já trabalhou com publicidade, inclusive na agência África, e tem vários prêmios no Brasil e no exterior.

Daniel Esteves é roteirista e professor de histórias em quadrinhos na escola HQEMFOCO. Membro do coletivo de quadrinhos Petisco, também participou de várias HQs nacionais, tais como: FRONT, Quadreca, Garagem Hermética, Quadrinhópole, Subversos, Café Espacial, Jam, Calafrio, Petisco Apresenta Volume 01, entre outras. Tem troféus HQMIX em várias categorias e fez “São Paulo dos mortos” por meio de financiamento coletivo.

O encontro acontece a partir das 17h30 na própria Gibiteca, que fica no Posto 5, na avenida da praia, bem em frente à rua Oswaldo Cruz, no Boqueirão. Funciona de segunda à sexta-feira, das 9h às 19h sendo que, nos finais de semana, o horário é das 9h às 13h, exceto nos dias de eventos.

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...