Uma das mais celebradas graphic novels dos últimos anos,
Wilson traça um retrato ferino e divertido do egoísta moderno

[Press Release]

Wilson ama seu cão. Sorte do animal, pois parece ser a única criatura viva a merecer tal distinção de seu dono. Para este senhor de meia-idade, os outros não passam de um inconveniente necessário.

Como qualquer pessoa, porém, Wilson busca algum tipo de ligação com sua espécie. Sem jeito para a vida social, aborda estranhos em cafés, ônibus e na rua, com longas preleções sobre o que vê de errado na política, nos esportes e, basicamente, em qualquer tema da alma humana.

A morte de seu pai, no entanto, intensificará essa busca. Numa comovente e divertida tragicomédia de erros, Wilson irá atrás de sua ex-mulher, que, segundo os últimos rumores, teria se entregado às drogas e à prostituição. Ao lado dela, irá buscar a filha perdida, entregue à adoção anos atrás.

A partir desse núcleo familiar incomum, Daniel Clowes, um dos mais importantes quadrinistas em atividade, esmiúça a vida social americana e traça um retrato complexo e fascinante do egoísta moderno.

Genuinamente engraçado e de uma inteligência ferina, Wilson é também alheio ao mundo que o cerca e às regras que regem o bom convívio entre as pessoas. Diz o que pensa, quando pensa e a quem estiver no seu caminho.

Contada em vinhetas de uma página, cujo estilo se alterna entre o realista e o cartunesco, Wilson é a primeira história de Daniel Clowes publicada primeiramente em livro (seus trabalhos anteriores foram lançados como séries na revista Eightball).

A cada uma dessas vinhetas, conhecemos uma nova faceta de Wilson, um novo caminho que sua mente perturbada pode tomar. O conjunto, no entanto, revela um personagem denso e rico, tão cômico quanto triste, tão complexo quanto óbvio. Um herói dos nossos tempos.

*****

Daniel Clowes nasceu em Chicago, nos Estados Unidos, em 1961. Grande parte de sua obra foi publicada na revista Eightball, e depois organizada em diversos livros. É autor de Ghost World, David Boring, Como uma luva de veludo moldada em ferro e Ice Haven. Ao lado do diretor Terry Zwigoff, adaptou Ghost World para o cinema, trabalho que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor roteiro. Outro de seus trabalhos, Art school confidential, virou filme em 2006, com John Malkovich no elenco. 

___________

Wilson (80 páginas, 20 x 27 cm, R$ 39,00, Quadrinhos na Cia.)

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...