O ano era 1979 e eu era apenas um pequeno infante dando meus primeiros passos pelas ruas calçadas com paralelepídepos, em Divinópolis. Nesta mesma época, me divertia instigando meu pai a passar correndo, com sua Brasília branca, pelas poças d'água da cidade, jogando lama em incautos transeuntes vestindo calças boca-de-sino.

E, na TV Record, Carlos Imperial exibia seu programa. Dono de um currículo invejável, naquela data Imperial já havia estrelado ou dirigido grandes clássicos do cinema brasileiro, como…  A Ilha das Cangaceiras Virgens e Banana Mecânica. Como se não bastasse, estava ainda predestinado a brilhar com  tantos outros, como Loucuras, o Bumbum de Ouro Os Bons Tempos Voltaram: Vamos Gozar Outra Vez.

"Eles são super bonitos", "são super fortes", "eles são tão legais", "eles são ó: jóia!" é o que dizem as pequeninas sobre a a atração. Mas não se enganem, caros amigos, o que você verá a seguir é absolutamente pertubador.

Agora, inflem o peito e gritem comigo: QUE P&%#@ É ESSA, MANO!!!???

E para a vergonha geral da nação, fiquei sabendo desse vídeo Bleeding Cool.

Depois de ver uma tranqueira tão grande até que passei a curtir a Liga da Justiça Baiana.

— Não gosta de falar sobre si mesmo, mas a sua orelha queima quando estão falando dele.