No último dia 12 de outubro, comemorou-se o dia nacional do fanzine. Uma data para celebrar as publicações independentes, do "faça-você-mesmo", enfim, de falar ao mundo sob uma perspectiva particular.

Diversas atividades foram realizadas Brasil a fora, a maioria delas em São Paulo e Santos, para marcar o mês. E, encerrando com chave-de-ouro, no próximo domingo, dia 27, será realizado uma edição especial do Fanzinada.

O evento acontecerá na Casa das Rosas, em São Paulo, e contará com o lançamento de trabalhos independentes que quadrinistas como Macartti e Anita Costa Prado, com trabalhos de intervenções artistas, palestras, oficinas e exposição de fanzines.

flyer fanzinada

Confira abaixo a programação:

12h – Homenagem ao fanzineiro Edson Rontani por Gazy Andraus; às 12h30, acontece uma oficina de quadrinhos com o Coletivo Projeto Chroma.

14h – Exibição do o curta “Filme para o poeta cego” (2012), do diretor Gustavo Vinagre, seguido de bate-papo com o poeta Glauco Mattoso.

15h – O fanzineiro Ian Rocha ministra a oficina “Fanzinar”, em que propõe apresentar e trocar técnicas simples de auto-publicação de material.

16h – Debate com Fabio Moura, criador do HQ “Night Wolf” e Paulo Stocker, criador do cartoon “Clóvis”.

17h – Encerramento com o lançamento do CD “Do Kaos à Utopia” da banda Sub Existência.

 

Por isso, se você estiver em São Paulo ou nas imediações, aproveite para conferir a Fanzinada. Vale muito a pena.

— Adalton nasceu no último dia de uma lua cheia, mas acha que isso não tem nenhuma relação com a sua vida; começou comprando quadrinhos por puro modismo - uma edição da Turma da Mônica parodiando Jurassic Park; sua primeira compra consciente foi a edição nº 01 de Batman: A queda do Morcego, ainda formatinho. Acredita que irá terminar a graduação em Letras antes da catástrofe de 2012 e daqui até lá está estudando parte das traduções intersemióticas das peças de Shakespeare já produzidas. E nos interlúdios, tenta produzir roteiros a partir idéias rabiscadas em antigos pedaços de papel.