Os Companheiros do Crepúsculo - CapaUm dos melhores álbuns de quadrinhos já produzidos finalmente chega ao Brasil. Lançado pela editora Nemo, Os Companheiros do Crepúsculo é uma longa saga medieval, criada pelo francês François Bourgeon e dividida nos capítulos: O Sortilégio do Bosque das Brumas,Os Olhos de Estanho da Cidade Glauca e O Último Canto das Malaterre. Misturando fantasia e lutas sangrentas, cenas cotidianas e um tom de erotismo, um dos destaques desta obra-prima das HQs é o belo e detalhado traço do autor, que transporta os leitores para os cenários e o clima da Idade Média.

Capaz de revelar a cada leitura um novo aspecto até então despercebido, a obra de Bourgeon tem um realismo raras vezes visto nas HQs, retratando fielmente o cotidiano da época, com suas lutas entre nobres e plebeus e toda a violência que envolveu o período da chamada “Guerra dos Cem Anos”. A história nos é mostrada na companhia de três personagens: Mariotte, uma bela jovem criada pela avó feiticeira, que é sempre hostilizada pelos moradores de sua vila; Anicet, um dos cruéis jovens que atormentam a vida dela; e o misterioso Cavaleiro de rosto deformado, que carrega a culpa pela morte da única mulher que o amou de verdade e a maldição que o torna uma marionete das três forças que regem o universo: a branca, a vermelha e a negra.

Após a destruição de sua vila por uma tropa de soldados que vagueava pela floresta, sem terem para onde fugir, Mariotte e Anicet acabam seguindo o misterioso Cavaleiro em sua cruzada pessoal contra as forças do Mal. Nesta viagem, o trio enfrentará pequenos duendes, camponeses inconformados com a destruição que a guerra provoca e até uma raça de criaturas que servem à força sombria. Por meio de uma narrativa complexa, repleta de simbologia, sinais, enigmas e muitos mistérios, Bourgeon conduz o leitor numa verdadeira viagem no tempo, em que se misturam história e ficção. Uma obra imperdível para quem gosta de aventuras com temas históricos, fantasia e misticismo.

François BourgeonSobre o autor – François Bourgeon nasceu em 1945 em Paris. Formou-se como artista de vitrais, mas sua paixão por desenhos alterou o curso de sua carreira. Suas primeiras ilustrações foram publicadas em revistas na década de 1970. Quando a saga Os Passageiros do Vento foi serializada na revista Circus em 1979, tornou-se reconhecida como uma das mais importantes séries em quadrinhos de sua época. Seus álbuns variam de temas náuticos e medievais à ficção científica, com características intensas de violência e sexualidade. Suas histórias épicas giram sempre em torno de personagens femininas fortes. Isa, Mariotte e Cyann são as heroínas de cada uma de suas séries, Os Passageiros do VentoOs Companheiros de Crepúsculo e A Saga Cyann, respectivamente. Bourgeon é apontado como um pesquisador minucioso e seus desenhos, desde os navios do século 17 até o vestuário do século 14, têm a reputação de rigor histórico. Atualmente, ele vive na Cornualha, na Bretanha.

Serviços:

TítuloOs Companheiros do Crepúsculo
Autor: François Bourgeon

Tradução: Fernando Scheibe

Número de páginas: 240

Formato: 24 x 32 cm

Preço: R$ 94,00

Os Companheiros do Crepúsculo - CapaOs Companheiros do Crepúsculo - folha de guarda Os Companheiros do Crepúsculo - pag 3 Os Companheiros do Crepúsculo - pag 4 Os Companheiros do Crepúsculo - pag 5 Os Companheiros do Crepúsculo - pag 6 Os Companheiros do Crepúsculo - pag 7

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...