Nos últimos anos, com a revaloração dos quadrinhos, histórias muito mais complexas encheram as prateleiras das livrarias e bancas de revistas. Era de se esperar, os quadrinhos cresceram junto com seu público. Os leitores ansiavam por histórias mais intimistas e o mercado foi seguindo esse fluxo.

Entretanto, vira e mexe, mesmo nesse mercado de tantas variedades, uma coisa faz falta, aquela coisa boa de quando os quadrinhos não precisavam de tantos intertextos, de tantas tramas, de tantas complexidades.

Estou falando do bom e velho humor. De quando pegavamos um gibi não pela história, mas apenas para rir das situações. Rir por rir, apenas.

We are Family é um quadrinho que resgata esse mecanismo. Aquele bom e velho humor tranquilo, leve, um humor gostoso para dar risada junto com a família.

1291_couv

 

Com roteiro da francesa Marie Pavlenko e arte da espanhola Teresa Valero, We are Family traz, em histórias curtas, o cotidiano de uma família cotidiana: um pai, uma mãe e seus dois filhos, tudo recheado por um universo de humor gostoso que nos faz querer dividir a leitura com toda a família.

Confira o preview:

1291_P1 1291_P2 1291_P3 1291_P4 1291_P5 1291_P6 1291_P7 1291_P8

We are Family – 1. Il était deux petits hommes tem 48 páginas e é um dos lançamentos deste mês da editora francesa Delcourt.

— Adalton nasceu no último dia de uma lua cheia, mas acha que isso não tem nenhuma relação com a sua vida; começou comprando quadrinhos por puro modismo - uma edição da Turma da Mônica parodiando Jurassic Park; sua primeira compra consciente foi a edição nº 01 de Batman: A queda do Morcego, ainda formatinho. Acredita que irá terminar a graduação em Letras antes da catástrofe de 2012 e daqui até lá está estudando parte das traduções intersemióticas das peças de Shakespeare já produzidas. E nos interlúdios, tenta produzir roteiros a partir idéias rabiscadas em antigos pedaços de papel.