A editora Nove Bravos lançou a chamada para a sua primeira coletânea, a Tomos Fantasticos. A proposta do trabalho é reunir quadrinhos e contos cuja tematica seja: Fantasia Heróica Medieval.

Segundo a editora, a coletânea… 

 

uma publicação da Editora 9Bravos que reúne contos e histórias em  quadrinhos dentro de um mesmo tema norteador.
 
A coletânea será composta por autores convidados pela editora e selecionados entre os participantes desta chamada pública.
 
O primeiro volume de Tomos Fantásticos possui como tema “fantasia heróica medieval”, que deverá se traduzir em um ou mais protagonistas que enfrentam desafios para alcançar seus  objetivos.
 
Os autores selecionados não arcarão com custo algum para participar e/ou ter sua obra publicada na coletânea, uma vez que sejam selecionados.
 
Os convidados e selecionados receberão 2 (dois) exemplares do volume da coletânea, referente  aos direitos autorais de sua obra publicada.
 
Os originais não podem ter sido impressos e publicados anteriormente por outra editora.
 
O registro da obra na Biblioteca Nacional é extremamente recomendado, porém, não é  requisito para a participação na seleção."
 
Está lançada então uma oportunidade muito legal para os quadrinistas mostrarem as caras e apresentarem seus trabalhos. 
 
A data limite para o envio de material de ambas as categorias é 10 de janeiro de 2013.
 
Para confeir as regras, basta clicar aqui ou na imagem abaixo:
 
 
E não deixe de conferir também a página da Nove Bravos no Facebook: facebook.com/9Bravos
— Adalton nasceu no último dia de uma lua cheia, mas acha que isso não tem nenhuma relação com a sua vida; começou comprando quadrinhos por puro modismo - uma edição da Turma da Mônica parodiando Jurassic Park; sua primeira compra consciente foi a edição nº 01 de Batman: A queda do Morcego, ainda formatinho. Acredita que irá terminar a graduação em Letras antes da catástrofe de 2012 e daqui até lá está estudando parte das traduções intersemióticas das peças de Shakespeare já produzidas. E nos interlúdios, tenta produzir roteiros a partir idéias rabiscadas em antigos pedaços de papel.