► Sérgio Barreto

 

 

 

QaQ Recomenda 

Mágico Vento 117 a 120

Pus em dia o atraso provocado pelo problema de distribuição que aconteceu em Salvador (tive que adquirir pela Internet). Nestes volumes Ned Ellis inicia a perseguição a um Howard Hogan rejuvenescido pelos poderes das trevas. Em cada volume uma aventura diferente pelo Velho Oeste, até a vitória de Hogan. Agora só faltam 11 volumes para o fim da saga e o coração já tá ficando apertado…

J. Kendall 88 a 91

Mais uma série que precisei adquirir pela Internet por problemas de distribuição. Nestes volumes a criminóloga desvenda crimes em uma loja de animais e nas lutas de boxe, encontra um psicopata e lida com um romance do passado. No processo, o relacionamento entre ela e o tenente Webb toma um rumo intrigante.

A Torre Negra – A Queda de Gilead 5 de 6

A Queda de Gilead chega em seu ponto crítico, com a morte de personagens importantes e com a ascenção de Roland Deschain a defensor da cidade de Gilead.

Sandman: Os Caçadores de Sonhos

Neste belo volume da série Sandman Apresenta, Neil Gaiman e P. Craig Russell narram a bela história da paixão de uma raposa por um monge. História bem narrada e arte belíssima, exemplar pra colocar na estante.

Homem de Ferro Noir

Toda linha noir leva os personagens da Casa das Idéias aos anos 30, e este volume é dedicado ao Homem de Ferro. Uma história que envolve nazistas e a busca por uma cura para o probelma cardíaco de Tony Stark, com traições, explosões e cosdjuvantes pra lá de especiais.

Superman vs. Muhammad Ali

Encadernado capa dura que reedita a publicação homônima da DC lançada em 1978 no formato giant size. Na história escrita por Denny O´Neil e Neal Adams (desenhada por Adams) Superman e Muhammad Ali precisam se enfrentar pelo destino da Terra – o resultado da luta pode definir a destruição do planeta por uma raça alienígina. Pra ficar perfeito só faltou a coragem para publicar a história no formato original.

Vertigo 30

O (na minha opinião) melhor mix da Panini continua brocando: Constantine vai ao inferno em busca da alma da irmã; o Homem do Espaço tem um encontro explosivo; as coisas começam a degringolar rapidamente na reserva Rosa da Pradaria; o irmão de Fig faz arruaça na Casa dos Mistérios; e na série A Fera da Caverna conhecemos a história da deusa vampira.

Vertigo 31

As coisas na reserva Rosa da Pradaria pioram significativamente, e vão piorar ainda mais antes de melhorar (melhorar?); o Homem do Espaço se encrenca após resgatar uma criança; a série A Fera da Caverna tem sua violenta conclusão; um dos fregueses da Casa dos Mistérios conta uma horripilante história e conhecemos mais sobre os funcionários, enquanto o irmão de Fig tem… problemas com Abel (Abel?); Constantine corre risco de vida no inferno e precisa abrir mão de algo que lhe é extremamente caro.

Os Mortos Vivos 7 – Momentos de Calmaria
Os Mortos Vivos 8 – Nascidos para Sofrer

Li os dois volumes na sequencia e vou te dizer, Robert Kirkman é um verdadeiro monstro quando se trata de fazer seus personagens sofrer. No volume 7 começamos a acreditar que o grupo de Rick pode realmente se estabelecer na prisão e levar uma vida relativamente normal, mas no volume seguinte o Governador destrói tudo em que acreditamos. Li as últimas páginas do último volume de pé, voltando várias vezes pra ter certeza de que o que estava vendo era verdade. Se você acompanha a série, vai ficar abismado. Se não acompanha, comece a ler o primeiro volume logo…

Combate Inglório

A GAL Editora sempre nos brinda com pequenas pérolas da nona arte. Foi assim com O que Aconteceu com o Homem Mais Rápido do Mundo? e com Invasão dos Mortos. Aqui a editora nos traz um encadernado com as edições da polêmica Blazing Combat, com apenas 4 números publicados pela Warren Publishing em 1965 – até ser considerada anti-americana e ter que ser cancelada. São histórias mostrando o lado mais sombrio da guerra, qualquer guerra.

The Boys – Mandando Ver

Sabe aquela premissa de Watchmen "quem vigia os vigilantes"? Pois em The Boys o roteirista Garth Ennis leva esta premissa ao extremo com o grupo de controle de super-heróis liderado por Billy Butcher. Texto politicamente incorreto, piadas pesadas e muita violência contra supers neste encadernado que reúne do números 7 a 14 da série.

Ken Parker – Onde Morrem os Titãs

Publicada em tiragem limitada pelo CLUQ, esta HQ mostra um Ken Parker ainda fugindo da polícia, trabalhando como lenhador e lidando com forças paranormais. Mesmo quem nunca leu Ken Parker pode ler esta história e curtir um monte.

100 Balas – Noites de Jazz

O nono volume da saga nos apresenta o tão citado Crime do Século, e só isso já é motivo pra estar na lista de recomendações. De quebra ainda temos um arco do Dizzy e Wyllie. Totalmente excelente.

Jonah Hex – Balas não Mentem

Último encadernado da Panini (mas não o último da série) com o Jonah Hex antes do reboot. Mais um conjunto de histórias com roteiros seguros e artes (são vários artistas) excelentes. Leitura obrigatória para leitores do bom e velho faroeste, espero que as histórias pós-reboot sejam tão boas e que a Panini publique o restante do material pré-reboot.

Lúcifer – O Diabo à Porta

Mias um volume da série Sandman Apresenta, desta vez trazendo um arco com o ex-regente do inferno. Aqui no Brasil as histórias de Lúcifer foram publicadas de forma confusa, e esta é uma boa oportunidade para ter algumas histórias organizadas. 

Destino – Crônicas de Mortes Anunciadas

Este encadernado da série Sandman Apresenta conta a história do garoto que encontrou o caminho para o jardim de Destino com artes (são diversos artistas) da melhor qualidade. Mais um pra estante.

Pra dar uma olhada

Vampiro Americano – Seleção Natural

Encadernado com um arco especial da série Vampiro Americano. Não é o melhor que esta série tem a oferecer, mas vale a pena dar uma olhada – especialmente pela arte sombria de Sean Murphy. Se você gosta de histórias misturando vampiros com nazistas, vai curtir.

Grandes Heróis Marvel 12 – Surpreendentes X-men 

Conclusão do arco iniciado na edição anterior. Uma historinha boa de ler, com Ciclope, Emma Frost, Wolverine e Armadura – desta vez na Ilha Monstro. Continua R$ 5,50.

João das Fábulas – O Mau Prícipe

Correndo o risco de me repetir, não é o melhor que essa série já mostrou. Mas se você já está acompanhando as aventuras do herói sem caráter precisa saber da bombástica revelação sobre quem na verdade ele é. A vaca Babe tem participação especial.

Batman 1
A sombra do Batman 1

Os dois primeiros títulos do Morcego pós reboot no Brasil. Leia sobre eles em na resenha Os Novos 52: Batman e A Sombra do Batman, reinício ou rebobinada?

 

 

 

 

 

 

 

► Lucas Pimenta

 

 

 

 

QaQ Recomenda:

ZDM 1, 2, 3 e 4 (Panini)

Panini lançou esses encadernados em 2009, 2010, 2010 e 2012 respectivamente e devido ao corre corre do dia-a-dia só agora, em uma viagem para Belo Horizonte, pude finalmente pegar para ler. ZDM é um dos melhores trabalhos de Brian Wood e a arte de Riccardo Burchielli é um atrativo a parte! A trama (que mostra uma realidade onde os EUA vive uma segunda guerra cívil, desencadeada após o 11/9) realmente chega ao ápice, até agora, no quarto encadernado com o arco Fogo Amigo, mas todas as edições são boas. O gibi é tão bem escrito, que cada vez que eu assistia o noticiário ficava esperando como se fosse passar notícias sobre a "guerra" nos EUA. Ler os quatro de uma só vez te coloca nesse mundo dessa forma. A Panini acertou em cheio ao juntar dois arcos nesse 4° encadernado e espero que faça o mesmo com o próximo volume.

Dark 1 (Panini)

Esse reboot da DC não tá com nada! Mas alguns amigos continuam insistindo que tem coisa que vale a pena ler e algumas delas está nesse título. Resolvi arriscar. Valeu a pena.
Ainda que não 100% da revista seja boa, tem material de qualidade ali. Mulheres Imaginárias será necessários mais algumas edições para mostrar a que veio. Como sempre é de se esperar em histórias de Peter MilliganHomem Animal  foi a primeira grande surpresa do arco, história sensacional que prende o leitor do início ao fim e faz esperar ansiosamente pelo número seguinte, e ponto pra arte deTravel Foreman, muito boa! Ressurreição e Eu, o Vampiro foram duas histórias muito fracas, podem até melhorar, mas pelo desempenho na primeira edição, eu já não espero muita coisa. Por fim,Scott Snyder e Yanick Paquette talvez estejam criando um novo clássico nos quadrinhos de Super-Heróis, Monstro do Pântano é a melhor história da revista e só por ela já valia a pena continuar comprando esse mix. Com certeza estarei nas bancas mês que vem!

Para dar uma olhada:

Ultimate Marvel 23 e 24

Ok, já disse por aqui que a única coisa realmente boa que já li de Bendis é Powers. Em um nível geral, essa afirmação ainda é verdadeira, mas o careca conseguiu prender minha atenção nessas duas edições do Aranha Ultimate. Eu não acompanho esse Universo e por isso fiquei perdido em várias referências que surgem na história, mas nem por isso estragou o ritmo frenético da aventura que foi realmente de tirar o fôlego. Quero muito ler a conclusão no número 25, que por sinal já está há muito atrasado.

Antes que alguém pergunte porque alguém que não lia comprou essas duas edições, a resposta é porque no número 23 começou o arco que leva o Peter Parker desse universo a morte. Fiquei curioso e me surpreendi. Vale a leitura.

Alô Panini, cadê o número 25? Tem um mês de atraso já!

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...