"Olhei e vi um cavalo amarelo, e o que estava sentado sobre ele tinha o nome de Morte, e o inferno o seguia…" adaptado do livro do Apocalipse 6:8

Sempre que jogo Darksiders 2 eu fico lembrando dessa passagem.

Darksiders 2 foi lançado em agosto de 2012 para Xbox 360, PS3 e PC (no final do ano sairá a versão dele para o Wii U).

O jogo continua a saga dos Cavaleiros do Apocalipse. No primeiro jogo, Guerra é acusado de trazer o Apocalipse antes do tempo, ele consegue desvendar parte da trama, mas não provar que é inocente. O jogo termina com Guerra quebrando o Sétimo Selo e invocando os 3 Cavaleiros restantes. 

No segundo jogo, Morte decide usar o poder da Arvore da Vida para ressuscitar os humanos mortos no Apocalipse.

Essa é a premissa do começo ao fim. Nessa jornada o passado de Morte é desvendado e outros reinos revelados.

O gráfico não sofre melhorias em comparação ao anterior. É basicamente o mesmo gráfico com poucas correções. Mas o bom é ver tudo pela estética de Joe Madureira que criou o visual do jogo. Isso para quem curte a arte do cara.

As fases são imensas e interligadas, tornando tudo um grande mapa, da para se levar boas horas ate conhecer tudo e descobrir todos os segredos.

É de se pensar que Darksiders 2 é um jogo repetitivo, mas é o contrário, a jogabilidade é boa, estilo God of War e o chefões variados, alguns momentos os chefões me lembraram Shadow of Colossus

Evoluir nesse jogo é uma coisa demorada, o bom é que da para usar armas que mudam os atributos, mas evoluir como num rpg demora muito, perdi horas fazendo isso.

Morte não é tão truculento quanto Guerra, mas é bem mais ágil, da para fazer vários combos com ele, e alguns movimentos dele lembram um cachorro. Sua arma principal são duas lâminas que em alguns momentos viram uma foice, principalmente na hora que Morte vira o Ceifador, sua forma mais forte.

Gostei da história, nada estilo Neil Gaiman, mas empolga bastante, espero que tenham continuações mostrando os outros Cavaleiros e o fim dessa saga.

Na edição especial que foi lançada, acompanha uma cópia em tamanho real da máscara de Morte.

— O Dan é desenhista, designer, gamer e herói suburbano. Dan is a Cartunist, designer, gamer and underground hero.