O "Observatório de Histórias em Quadrinhos – USP" informou em seu site que foi criado um blog em homenagem ao fantástico artista Jayme Cortez, organizado por Fabio Moraes, pesquisador da obra do artista português e pelo seu filho, Jayme Cortez Filho.

Nascido em Lisboa, Jayme Cortez veio para o Brasil em 1947 e aqui ficou até o ano da sua morte, 40 anos depois da sua chegada! Cortez fez parte de uma geração de grandes quadrinistas no Brasil, que lutaram pelo reconhecimento dos quadrinhos. Com Álvaro de Moya, Miguel Penteado e Syllas Roberg organizou a primeira Exposição Internacional de Histórias em Quadrinhos. Trabalhou em histórias infantis, adaptações de contos de fadas, mas foi com o Terror sobrenatural que Cortez mostrou o melhor do seu trabalho.

Teve destaque na Itália, onde foi homenageado pelos seus 50 anos de carreira com o prêmio Caran D'Arche, no XX Festival Internacional de HQ e Ilustração em 1986.

Criou a série Zodiako, pela qual o grande Moebius certo dia disse: “Eu gostaria de ter criado este personagem!

Grande mestre dos quadrinhos que lutou pela nona arte com todas as suas forças e portanto merece essa justa homenage!

Para visitar o blog, clique na imagem abaixo.

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...