Como costumam acompanhar, há diversos grupos, projetos e eventos responsáveis pela divulgação da Cultura Pop na cidade de Santos. Além da Gibiteca, projetos como Nerd Cine, ações da Associação Japonesa de Santos que costuma exibir Animes que normamente não teríamos acesso, a programação do HP Geek Bar e dedicação do grupo Santos Comic Expo, o grupo Animelan há 11 anos atua na região na promoção e divulgação de eventos relacionados à cultura Japonesa e Cosplay. Por isso, conversei com Shinj (Alexandre Pamplona), responsável pelas ações do grupo para que ele me contasse um pouco sobre o que tem sido a experiência à frente do Animelan.
1.Como a Animelan começou? Por que cosplay?
Vamos lá! Animelan começou de uma forma  totalmente despretensiosa e informal, eu era dono de uma locadora de vídeos 11392936_850077588403142_7333278898257730347_nem Santos, recebia dentre tantos clientes fãs de animes, eu já gostava muto dos seriados nipônicos, porque  sou da geração  rede Manchete, ou seja  era daqueles  tantos jovens que ligava  as TVs as 17:00 da tarde,em 1989, para  conferir as aventuras de Jaspion, Jiraya e cia rs, e comprava revistas especializadas, gravava cds de musicas japonesas, mas não tinha contato com fãs até  um certo dia em que  estava ouvindo meus cds de musicas na minha locadora, um dos meus clientes perguntou se eu gostava e dai por diante fui  conhecendo mais pessoas, fazendo amizade e decidimos criar um grupo para realizações de encontros e atividades voltadas a cultura pop japonesa; o grupo é chamado Animelan, porque tudo começou  em 2004  em uma pequena salinha de uma lanhouse em Santos e de la para cá muita coisa  aconteceu de bom, tivemos oportunidades de participar   e ser convidados para organizar eventos, salas de  atividades nos principais eventos do Brasil relacionados a animes,atividades dentro de eventos tradicionais japoneses (matsuris), palestras, em Sampa  região, parques de diversões como Playcenter, organizamos nosso  evento de 5 anos do grupo em 2009 com muito sucesso, cooperamos com diversos outros colegas e em 2015 completamos 11 anos de atividades com parcerias bem fundamentadas, como a que temos coma SECULT , onde realizamos o encontro mensal na Gibiteca de Santos, e a inovadora parceria com Cine Zen e Cine Roxy 5, que nos abriu portas e confiou nosso trabalho de unir  uma pré estréia  de filmes  com a tradição das atividades do grupo, só temos a agradecer  a sorte de poder trabalhar com pessoas que são amigos queridos e a boa equipe que viemos formando ao longo dos anos, para manter hoje o grupo mais antigo da baixada santista em atividade.
 
O grupo Animelan tem várias áreas;  nosso carro-chefe sempre foi a exibição de seriados e animações japonesas, mas fomos  criando outras áreas, como o card game, maid café, gincanas, concursos de desenhos, e o desfile de cosplay que virou uma tradição inclusive agora nos eventos em parcerias com o cine roxy.
 
2.Quais são as principais características de um bom cosplayer?
O cosplay é  junção de duas palavras costume+play, brincar de se fantasiar e se vestir, na minha  simples e humilde  opinião, cosplay é um hobbie, uma brincadeira, uma forma que as pessoas encontram de  se divertir se fantasiando ou customizando sua fantasia para que se pareça com seu personagem preferido, e claro que a criatividade rola solta nesse quesito, mas o mais importante é a atitude  do participante do hobbie, em relação a humildade e simplicidade com seus  pares, afinal é uma brincadeira e não um meio de se viver e  a criatividade é a chave de realizar um bom cosplay.
 
3.Qual é o perfil dos cosplayers da baixada Santista?
Variado,maioria jovens , adolescentes até  senhores, senhoras, influenciados pelos seus  filhotes, é uma brincadeira para todas as idades.
 
4.Como as ações promocionais como as da Gibiteca e do Cine Roxy contribuem com o Animelan?
É uma parceria que  deu certo, porque ambos  se promovem, o grupo Animelan com suas atividades apóia , divulga e contribui para divulgação destes espaços  públicos e culturais e mostra a divulgação da cultura pop japonesa para um público diversificado, fora do eixo evento de anime, ou seja conquistamos um público bem mais interessado e diversificado, e isso tem tudo a ver com  objetivo do grupo que é simplesmente a promoção  da cultura pop japonesa de fã para fã sem fins lucrativos.
 
5.Quais dicas você daria para quem quer começar? Há cursos especializados para cosplayers na baixada santista?
Os cosplays iniciantes geralmente  conseguem dicas  de boca a boca com amigos que já estão no hobbie, assim como hoje tem muitos sites  vendendo artigos para cosplays , ou seja a rede social ajuda e muito a pessoa se inteirar, sobre cursos  de vez em quando ocorrem algumas oficinas sobre  o hobby. 
 
6.Quais são os principais eventos que costumam participar? Como que alguém pode se juntar ao grupo e se manter informado sobre os eventos?
Participamos de muitos eventos   de animes no passado, mas atualmente  mudamos nosso foco, pensamos  em diversificar  nosso público, e nos juntarmos com parcerias sólidas,e mais concisas como  as da SECULT e do CINE ROXY 5,  por isso saímos do foco evento de animes e fomos para pontos culturais da nossa cidade. É uma forma de amadurecimento diversificação do público e ajudamos a fortalecer a visita  das pessoas  a estes lugares também, é uma troca de aprendizado e conhecimento. Sobre informação de eventos, as redes sociais hoje são a principal via,não precisa ser expert em cultura pop japonesa para entrar pro grupo, mas averiguamos características que fazem nosso perfil, como trabalho em equipe, esforço e determinação para melhor trabalhar. 
 
7.Quais foram as maiores dificuldades encontradas ao longo dos 11 anos do Animelan? E olhando sua trajetória, quais foram as principais mudanças desde que começou?
São muitas coisas, foram muitos NÃOS e com  muita  insistência, dedicação conquistamos nosso espaço com muitos SIMS rs ; não é fácil manter um grupo por tanto tempo, foram muitas pessoas que passaram por ele; algumas estão conosco desde a fundação,  outras estão 4,  5 anos  e outras   vieram pela curiosidade , participaram algumas vezes e nos deixaram, por  diversos motivos, mas  a cada um deles  agradeço, e  o segredo de tudo é a rotatividade; vamos adaptando conforme  a época, as tendências e gerações, as vezes o excesso atrapalha;  e hoje temos uma equipe em nova formação, fazemos reuniões físicas, online, mantendo toda equipe informada e dividimos bem as tarefas para cada um na sua habilidade; sempre  converso  muito com a pessoa que deseja fazer parte, porque  as atividades que o grupo realiza, faz parecer que é tudo  uma diversão; mas na verdade temos muito trabalho, e  sempre falo, que esta  desse lado do balcão é pra servir kk e acabamos nos divertindo, trabalhando rs e outro fator  que contamos muito é a sorte de ter conhecido pessoas boníssimas, que acreditaram na minha pessoa, no potencial da equipe e vem valorizando essa parceria; não tem muito segredo se mantermos   os pés no chão e focar bem os objetivos, nada pode dar errado assim.
Shinji, muito obrigada pelas informações. Desejo muito sucesso ao grupo!
10882358_776397455771156_8038261004240700457_n
 
— Dani Marino é formada em Letras e ainda não decidiu se prefere viver no Sonhar, em Nárnia ou em Hogwarts.