Ghilan - logo

Ghilan 2Ghilan é uma revista em quadrinhos criada e produzida por Mariá Scárdua, mais conhecida como Raposa Branca.

Mariá é ilustradora, animadora e designer que sempre trabalhou muito na área de games e quadrinhos. Já publicou seu trabalho nos fanzines Z! e Tudo com Farinha, da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), ganhou menções honrosas no Salão de Humor Universitário de Piracicaba com a história curta "A Moeda". Ghilan é seu primeiro projeto independente.

Já tinha visto coisas que assustariam a maioria de vocês. Mas djinns? Daevas? Demônios? Isso não. Eram só histórias.

Eu era criança. Achava que sabia mais que as histórias.

Sobre a HQ:

Imagine que no nosso mundo muitas das lendas que permeiam a mitologia tenham sido reais. Imagine que elas apenas aconteceram muito antes dos seres humanos conseguirem escrever a primeira letra, e agora só haja retalhos de criaturas que antes viviam majestosas na Terra.

Agora imagine que você seja uma delas, e os humanos estão por toda parte.

Ghilan é uma história curta baseada na minha webcomic original Thicker Than Blood, em produção e com lançamento previsto para 2014. É um prólogo da personagem principal, que se vê pela primeira vez diante da realidade do mundo que a cerca, e que se passa antes de que as coisas se tornem muito piores e perigosas…

Ela se chama Cami, uma criança centaura com mais valentia que cuidado. Na Tunísia do século X, ela descobre haver uma caravana humana vinda do oriente passando pelo território de sua tribo. Apesar dos avisos dos mais velhos para não se aproximar, ela vai investigar. Seu amigo Fahd ouviu coisas terríveis sobre eles, mas são só historinhas para crianças. Não é?

Ghilan 1

Para saber mais sobre essa história, o leitor precisa contribuir para o projeto no catarse.

Quer contribuir mas não sabe como? Basta clicar no link abaixo e verificar as várias formas e quantias para contribuição e as recompensas para quem ajudar a financiar o projeto.

http://catarse.me/pt/ghilan#about

A obra tem lançamento previsto para acontecer entre os dias 13 e 17 de novembro no Festival Internacional de Quadrinhos – FIQ, realizado em Belo Horizonte.

Confiram abaixo, um vídeo da autora falando sobre o álbum, que terá 40 páginas coloridas, papel couché e formato 15,2 x 22,7 cm.

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...