Tem inicio hoje as 1as Jornadas Internacionais de Histórias em Quadrinhos. O evento segue até o dia 26 na Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP). A organização está a cargo do Nobuyoshi Chinen (ECA-USP / Faculdades Oswaldo Cruz), Paulo Ramos (UNIFESP) e do Waldomiro Vergueiro (ECA-USP).

A mesa de abertura, entitulada Implodindo preconceitos: os pioneiros do estudo de quadrinhos no Brasil contará com a presença dos pesquisadores José Marques de Melo (Umesp), Moacy Cirne, Álvaro de Moya (ECA/USP), Antonio Luiz Cagnin (ECA/USP) e Sônia Bibe Luyten (Grupo de Pesquisa de Comunicação Visual/Faculdade Cásper Líbero), tendo o Waldomiro Vergueiro como mediador.

Nos dias 24 e 25 às 20hrs, no Teatro Laboratório da ECA, haverá também o lançamento de nove livros teóricos sobre quadrinhos.

 

 

Mais informações e a programação completa pode ser conferida no site do evento.

— Adalton nasceu no último dia de uma lua cheia, mas acha que isso não tem nenhuma relação com a sua vida; começou comprando quadrinhos por puro modismo - uma edição da Turma da Mônica parodiando Jurassic Park; sua primeira compra consciente foi a edição nº 01 de Batman: A queda do Morcego, ainda formatinho. Acredita que irá terminar a graduação em Letras antes da catástrofe de 2012 e daqui até lá está estudando parte das traduções intersemióticas das peças de Shakespeare já produzidas. E nos interlúdios, tenta produzir roteiros a partir idéias rabiscadas em antigos pedaços de papel.