Para quem viveu numa caverna nos últimos meses, um resumo bem rápido:

Occupy Wall Street é um movimento de protesto contra o capitalismo, a exploração, a mídia, o desemprego, a cerveja quente e o que mais tiver pra ser protestado. Começou em Nova Iorque e se espalhou pelo mundo.

Um dos símbolos do movimento é a máscara usada pelo personagem V, da HQ V de Vingança, de Alan Moore e David Lloyd. A máscara, por sua vez, é inspirada nas feições do inglês Guy Fawkes, que tentou explodir o parlamento britânico no século XVII.

Alan Moore apoia o movimento, tanto que vai participar da antologia de quadrinhos sobre os protestos, a Occupy Comics.

Mesmo antes de Moore declarar seu apoio, Frank Miller, autor de, entre outros clássicos dos quadrinhos, Batman – O Cavaleiro das Trevas (Dark Knight Returns), mesmo não tendo nada a ver com o peixe já havia mostrado suas asinhas reacionárias e criticado duramente os manifestantes.

E é aí que entra o francês Frederic Boulet, dando uma ironizada em Miller, colocando um Batman de meia idade (como no Cavaleiro das Trevas) pra combater os manifestantes. Confira a arte de Boulet e o making off.

Como a característica do movimento é dividir opiniões, para o alemão Anjin Anhut Batman participa do Occupy Gotham. Com direito a cartaz com os dizeres: "Aumente meus impostos".

Para visitar o site de Boulet, clique aqui.

Para visitar o Deviantart do Anjin Anhut, clique aqui.

No final das contas todo mundo sabe que o Batman é o cara rico que desce da sua mansão para dar porradas nos pobres, então estou mais com a visão do Boulet, hein!?

Apesar de não ter conseguido inserir no post com alguma coerência, fique com o tumblr "Hot Chicks off Occupy Wall Street".

— Não gosta de falar sobre si mesmo, mas a sua orelha queima quando estão falando dele.