Wáluk - CapaOs ursos polares causam admiração e medo, por sua beleza e agilidade. Seu aspecto é feroz, mas por vezes humano. São animais irresistíveis e exercem um fascínio especial para a dupla espanhola formada pela desenhista Ana Miralles e pelo roteirista Emilio Ruiz, que criam com Wáluk, lançamento no Brasil pela Editora Nemo, uma bela e emocionante aventura de amizade e respeito, perigos e coragem.

O ursinho Wáluk acorda um dia e descobre que sua mãe o abandonou. Ele se sente desorientado, até que conhece Esquimó, um velho urso sábio e paciente, que lhe ensinará a enfrentar os desafios da vida no Polo Norte. A história mostra a luta pela sobrevivência dos dois ursos polares, para apresentar os problemas que sua espécie enfrenta com o impacto causado pelo homem em seu meio ambiente. Mas a dupla de criativos autores vai além da conscientização ecológica. Wáluk trata da falta de autonomia do indivíduo em qualquer idade, de como em todas as fases da vida se necessita da companhia de outros para buscar equilibrar as perdas e os ganhos que o tempo traz.

“Hoje em dia, quando as mudanças climáticas já são uma realidade científica e as empresas de navegação de todo o mundo incluem rotas de verão no Ártico para seus barcos, enquanto os países da região lutam por recursos naturais como o gás e o petróleo, o mundo dos ursos desaparece e os vemos agarrarem-se a um pedacinho de gelo no meio do mar, esgotados de tanto nadar. Por isso, mais do que nunca devemos nos lembrar deles”, diz Emilio Ruiz, na introdução do álbum. Os desenhos de Ana Miralles conseguem vencer o desafio de dar expressões e características humanas aos brancos ursos polares da imensidão alva do Ártico. O resultado é um mundo de uma vivacidade impressionante. Wáluk é uma bela e comovente HQ, para ser apreciada por leitores de todas as idades. 

Sobre o roteirista – O espanhol Emilio Ruiz (Santander, 1960) é bacharel em Belas Artes pela Universidade Politécnica de Valência. Iniciou sua carreira profissional como fotógrafo em 1982, inicialmente, no mundo da publicidade, em seguida, na dança e no teatro. Mais tarde, especializou-se na produção de audiovisual para teatro, dança e exposições. Também fez vários documentários e propostas de arte vídeo, enquanto trabalhava como designer e cineasta. No mundo dos quadrinhos fez vários roteiros com Ana Miralles, entre eles a trilogia En busca del unicórnio, adaptado do romance de John Eslava Galán e que recebeu o prêmio do Jornal de Resenhas 1998 como Melhor Roteiro.

Sobre a desenhista – A cartunista e ilustradora Ana Miralles (Madrid, 1959). Começou sua carreira no início dos anos 80, sua obra passa por livros infantis e juvenis, cartazes, capas de álbuns, seções de revistas, álbuns coletivos, publicidade, folhetos, serigrafias e todos os tipos de trabalhos relacionados com a comunicação gráfica, sem esquecer o teatro e o cinema como figurinista, cenógrafa e roteirista. Em 2009 recebeu o Grande Prêmio do Salão de Barcelona, em reconhecimento por sua longa e profícua carreira no mundo dos quadrinhos.

Serviço:

Título: Wáluk
Roteiro: Emilio Ruiz
Desenhos: Ana Miralles
Tradução: Fernando Scheibe
Número de páginas: 56
Formato: 29 x 21 cm
Preço: R$ 34,00

Wáluk - Pág 07

Wáluk - Pág 08 Wáluk - Pág 09 Wáluk - Pág 10 Wáluk - Pág 11 Wáluk - Capa Aberta

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...