Textos deste Autor
A Nossa Máquina

A Nossa Máquina

Como sabe, amigo leitor, sou uma leitora de Quadrinhos. Não entendo lá essas coisas, confesso, mas me esforço para sempre aprender mais. Quando li o segundo volume de “Máquina Zero” (Editora Quadro a Quadro), não foi diferente. Observei que o ser humano, suas mazelas, conquistas e, principalmente, suas origens foi o mote das mais de...
Elvis.

Elvis.

“Excêntrico”, “Rei do Rock”, “depressivo”, “único”… Essas são apenas algumas das expressões que definem um pouco de Elvis Presley. Mas não podemos negar, ele merece o título de influenciador, seja na música, seja no estilo de vida, e, não menos importante, no corte de muito “topetudo” por aí! Sua imagem estampa, mesmo após quase quatro...
Crença e Ciência

Crença e Ciência

Ter fé e acreditar no homem fazem parte do percurso, amigo leitor. Yin-Yang, Preto-no-branco, duas partes que abarcam um conceito. Dicotomia que povoa a nossa existência há milênios, bem como as dúvidas sobre como chegamos até aqui e o que virá pela frente. Disso, não podemos nerar. Nesse mote, Felipe Folgosi roteirizou e concebeu o Quadrinho de...
Pai e Filha

Pai e Filha

Falar do pai é sempre um assunto delicado. Conflitante em umas situações, noutras tantas é afetuosa, mas na maioria das vezes é uma onda de sentimentos e sensações que convergem e divergem. Afinal, muitos, amigo leitor, conhecem ou já tiveram contato com a figura paterna, já outros nem tem noção dessa pessoa na vida. No...
Lapsos

Lapsos

Em um mundo onde a exigência é ver e ser visto, a mais difícil das tarefas é descobrir-se dentro de nós próprios. E as maneiras podem ser diversas: uns peregrinam, outros buscam na mística, na música, já muitos só querem uns dias de descanso. Mas, amigo leitor, em algum momento da vida, se faz necessária...
Maria e João talhados à mão

Maria e João talhados à mão

Quando perguntamos do conto dos irmãos Grimm “João e Maria”, muita gente lembra de trechos mais impactantes: a bruxa que observa os dedinhos dos irmãos, logo se estiverem ‘no ponto’, as crianças poderão ser a refeição do dia; o caminho trilhado com pedacinhos de pão para não se perderem na floresta – ideia sem sucesso,...
II Feira Kraft e seus achados

II Feira Kraft e seus achados

Confesso, tenho uma admiração bem aguçada por produções independentes, aliás, é a maioria das leituras que faço e escrevo neste Quadro a Quadro. Pois bem, quando soube da II Feira Kraft, ocorrida de 6 a 7 de maio, na região da Barra Funda, zona oeste da capital paulista, não teve jeito, tive de desbravá-la.  Como...
Flashmob de Cosplayers é atração no Festival Guia dos Quadrinhos

Flashmob de Cosplayers é atração no Festival Guia dos Quadrinhos

Neste fim de semana, o Festival Guia dos Quadrinhos estará em novo endereço, o Club Homs, na Avenida Paulista, 735, São Paulo. Além do já tradicional Mercado de Pulgas (o nome do espaço de trocas e vendas continua o mesmo), no qual é possível encontrar quadrinhos raros e colecionáveis a preços convidativos, há também o...
Pira de recordações

Pira de recordações

Memórias. Todos nós temos as nossas, tanto que futuramente seremos produto delas.  Para seu Zé, um mero catador de latinhas perambulante em Uberlândia (MG), memórias são sinônimo de transtornos, flashes desconexos e perturbadores, que queimam seus pensamentos da mesma maneira que casas e crianças se desintegram em seus pesadelos. É nessa toada que o uberlandense...
Água da fonte

Água da fonte

Todos nós temos um caminho, só não sabemos que desfecho terá agora, neste instante. Hugo Canuto fez o dele, especialmente revendo o passado de sua mãe, cujos ancestrais são de uma etnia indígena do sertão baiano.  A partir daí o jovem embarcou em outras histórias, em outros países e Estados, garimpando, absorvendo, como as águas...
A arte de ‘Fazer A Louca’

A arte de ‘Fazer A Louca’

A vida pode ser rude, mas a gente pode transformá-la em novas nuances, tornando-a mais leve e isso é uma arte. Quando li Lizzie Bordello e as Piratas do Espaço (Germana Viana – Jambô Editora), vi ilustrado a grande arte de ser mulher que faz A Louca, aquela que não tem vergonha de ser o...
Quadro a Quadro: uma saga

Quadro a Quadro: uma saga

Alfabetizei-me nas Histórias em Quadrinhos. Lembro-me ainda criança, quando ia à feira, no extremo leste de São Paulo, aos domingos e fazia dois pedidos: 1) pastel de queijo e 2) ao menos um gibi para ler, mesmo sem saber direito como se fazia isso – comecei para valer na leitura aos quatro anos, por influência...