O primeiro episódio da série de TV, Gotham, uma produção do canal FOX baseado nos personagens da DC Comics, foi ao ar nos Estados Unidos no último dia 22. A série que vai acompanhar o dia a dia do detetive Jim Gordon (Benjamin Mckenzie), futuro Comissário de polícia de Gotham, na mitologia do Cavaleiro das Trevas, que vai tentar desvendar o assassino dos pais de Bruce Wayne.

Confesso que não esperava muito dessa série, mas após esse excelente primeiro episódio, as expectativas estão altas em torno do seriado. A primeira coisa a se dizer é que é uma série feita para agradar todos os públicos e não somente os fãs de quadrinhos, portanto trata-se de uma série policial com um primeiro episódio muito bom, mas recheado de easter-eggs que vão agradar em cheio os fãs do Batman.

GothamLogo de cara, nos deparamos com uma Selina Kyle ainda criança, correndo pela cidade e cometendo, ainda de forma descuidada e despreparada, pequenos furtos. Contudo, o ponto alto é a aparição do futuro Pinguim, brilhantemente interpretado por Robin Taylor, que rouba a cena todas as vezes em que aparece, com uma participação ainda mais especial no final do episódio, deixando o telespectador de boca aberta.

Não vou estragar a surpresa dizendo todos os personagens que vão aparecer no episódio mas fiquem atentos para uma breve participação especial de um certo Edward Nigma (Cory Michael Smith), vai te deixar com vontade de que ele apareça mais e mais vezes, sem contar a curiosidade em saber a futura causa que vai o transformar no Charada.

Resta ficar na torcida de que a série tenha o mesmo fôlego do episódio piloto, que se torne um sucesso de público, com uma boa audiência, para que a Fox não resolva cancelá-la.

Portanto, assistam! Gotham é uma série com ótimas atuações, muito diferente de todos os seriados com personagens da DC, e, principalmente, bem diferente de Smallville, que tem tudo pra se tornar uma grande série policial, com a presença de alguns dos mai famosos personagens dos quadrinhos! Fica a dica!

No último dia 23, o canal ABC exibiu nos Estados Unidos o primeiro episódio da segunda temporada da série Marvel Agents of S.H.I.E.L.D. Nesse retorno, o agente Coulson e sua equipe são agora fugitivos do governo dos EUA, que colocou às Forças Armadas para caçá-los, e o general Glenn Tabolt, vai tentar a todo custo detê-los.

agents-of-shield-logoComo vimos no final da primeira temporada, sabemos que Coulson recebeu de Nick Fury a "missão" de reconstruir a S.H.I.E.L.D., e portanto nesse primeiro episódio nos deparamos com novos personagens, escolhidos a dedo por Coulson, que agora comanda o que restou da maior agência de contraespionagem e manutenção da lei do mundo.

Vale citar que o horário de exibição nos EUA foi modificado das 20hs para às 21hs, o que, para o ator Clark Gregg, que interpreta Coulson, vai possibilitar que a série tenha um tom mais sombrio.

Apesar de muita gente ter criticado a primeira temporada, e deixado de acompanhar no meio do caminho, a série se tornou muito boa e seu primeiro episódio da segunda temporada é excelente. Vale citar a participação especial, num momento flashback, da Agente Carter (Hayley Atwell) e de Dum Dum Dugan, que começam o episódio em 1945, detendo remanescentes da H.Y.D.R.A.

A série retomou a boa direção que encontrou no final da primeira temporada, e tem tudo para crescer ainda mais, com novos personagens compondo o time de Coulson, e aqui vale uma crítica positiva, enquanto na primeira temporada temos uma equipe jovem, mais preparada para cuidar de assuntos tecnológicos do que da ação propriamente dita, a nova equipe chega em grande forma e aparentemente pronta para várias cenas de pancadaria, no melhor estilo agentes secretos, além de uma Skye, aparentemente mais capaz fisicamente e pronta para esmurrar vilões pelo mundo a fora.

Falando em vilões, o ponto positivo foi começar a temporada apresentando ao telespectador, o personagem Carl "Crusher" Creel, mas conhecido pelos fãs da Marvel como o Homem-Absorvente, o que já garante que a equipe de Coulson terá desafios maiores nessa temporada! Vale lembrar que os mistérios continuam, com Coulson envolvido em mais segredos, que vamos desvendar ao longo da série.

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...