Quem está familiarizado com Sandman certamente reconhece em suas histórias inúmeras referências históricas, literárias e Fig 5culturais.  Não é segredo pra ninguém o interesse de Neil Gaiman pela Mitologia, seja ela grega, romana, nórdica ou oriental e este interesse é traduzido em forma de belos roteiros.

Em A Canção de Orfeu, Sandman junta seus irmãos para celebrar o casamento de seu filho, um dos personagens mais populares da Mitologia grega e o trabalho aqui apresentado investiga se a versão de Gaiman difere das versões mais conhecidas, o que poderia ferir o conceito de verossimilhança do filósofo Aristóteles.

Se você conhece a história grega e já leu este capítulo de Sandman, o que acha? A versão de Neil Gaiman fere ou não  o conceito de verossimilhança apresentado por Aristóteles?

ARTIGO_SANDMAN E A MITOLOGIA GREGA EM A CANÇÃO DE ORPHEUS

— Dani Marino é formada em Letras e ainda não decidiu se prefere viver no Sonhar, em Nárnia ou em Hogwarts.