Os fãs do Ranger mais famoso dos quadrinhos foram surpreendidos pelo aumento de preço da revista. A edição 495 teve o aumento de R$1,00 subindo para R$ 6,90. Um custo de 17%, que se for levado em conta os quatro anos em que a revista não teve um reajuste, teremos um percentual de 4,25% ao ano. É um valor relativamente pequeno para uma revista que se manteve há tanto tempo nas bancas com o preço inalterado!

A revista entretanto não teve aumento de páginas e segue com seu padrão inalterado. (revista mensal, formato 13,5 x 17,6 cm, 112 páginas, distribuição nacional)

Fica aqui nossa observação de que a Mythos Editora poderia melhorar a qualidade do papel utilizado na revista, não somente em Tex, e sim em todas as edições da SBE.

Sobre a edição:

A história desse mês apresenta um fato que se tornou notório quando, num saloon de Deadwood, Wild Bill Hickok, jogando cartas, foi assassinado a traição com um tiro pelas costas. Muitos são os fatos acerca desse acontecimento e é dessas contradições que os roteiristas criaram várias histórias. Recentemente a mesma Mythos Editora apresentou a seus leitores uma versão da morte de Bill em Mágico Vento #100, escrita por Manfredi e desenhada por Parlov, numa edição em cores!

Agora é chegada a hora dos leitores texianos conhecerem a versão desta história por Mauro Boselli com traço de Alfonso Font.

Estará surgindo um novo clássico texiano? Não sei, mas com certeza vale o preço!

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...