Há 75 anos, em um sábado, no dia 13 de fevereiro de 1937, Harold Foster (1892 – 1982) publicou em alguns jornais dos Estados Unidos a primeira prancha de "Prince Valiant in The Days of King Arthur" ou como é conhecido aqui no Brasil, Príncipe Valente.

Harold Rudolph Foster tinha 44 anos quando criou o personagem e a ele dedicou toda sua vida, escrevendo e desenhando as mais de 2000 pranchas, 2244 para ser mais preciso, sendo que as últimas 500 foram em parceria com John Cullen Murphy (1919 – 2004) que o substituiu nos desenhos. Com a morte de Foster em 1982, o filho de Murphy (John Cullen Murphy Jr. – 1952 -.) torna-se o responsável pelos roteiros.

Com a morte de Murphy (pai) a equipe criativa do herói passa a ser Mark Schultz (roteiro) e Gary Gianni, que comemoraram na semana passada o aniversário do personagem com a prancha abaixo:

Assim como o criador é um dos mais importantes nomes da História das Histórias em Quadrinhos, Príncipe Valente é um dos mais emblemáticos personagens da Nona Arte, com um roteiro rico e uma das mais impressionantes criações visuais de todos os tempos!

Com aventuras épicas inesquecíveis no tempo do Rei Arthur, Príncipe Valente continua até hoje oferecendo aos seus leitores um exemplo clássico da luta com coragem pela verdade e a justiça. Um feito que nem a bruxa Horrit poderia imaginar persistir após 75 anos de publicação.

De acordo com o King Features Syndicate o personagem é publicado atualmente em mais de 300 jornais semanalmente nos Estados Unidos, já ultrapassando mais de 3900 tiras nos domingos!

— Lucas Pimenta queria ser Martin Mystère. Não queria uma pistola de raios e sim a capacidade de enrolar uma noiva da mesma maneira...